Arquivo mensal: agosto 2017

Cine Performa exibe o documentário “Espaço Além – Marina Abramovic e o Brasil”

Padrão

O evento, que ocorre mensalmente no Red Bull Station, também traz a pré-estreia da performance “Monstra”, dirigida por Manuela Eichner e Elisabete Finger

Cena do filme “Espaço Além – Marina Abramovic e o Brasil”. Crédito: Divulgação

O Cine Performa – evento que une a exibição de documentários e performances audiovisuais – será palco da pré-estreia de “Monstra”, performance dirigida e assinada por Manuela Eichner e Elisabete Finger. Também será exibido, na ocasião, o documentário “Espaço Além – Marina Abramovic e o Brasil”. O evento acontece no dia 26 de agosto , no auditório do Red Bull Station e a entrada é gratuita

Dirigido por Marco Del Fiol, o filme documenta a artista sérvia por uma jornada espiritual pelo país, enquanto experimenta rituais sagrados e apresenta seu processo de pesquisa e criação. A jornada inclui as curas do médium João de Deus em Abadiânia, locais sagrados na Chapada dos Veadeiros, os rituais do Vale do Amanhecer em Brasília, a tradição dos raizeiros e benzedeiras de Goiás, a força do sincretismo religioso na Bahia e outras cerimônias locais, culturais e religiosas.

Após a sessão, as artistas Manuela Eichner e Elisabete Finger apresentam uma coreografia-colagem para pessoas e plantas com vinte unidades coreográficas.

Serviço:
Data: 26/08 (quinta-feira)
Horário: 19h
Local: Auditório do Red Bull Station (Praça da Bandeira, 137 – Centro)
Toda a programação do Red Bull Station é gratuita

Sobre o Red Bull Station

Localizado em um prédio de 1926, no centro de São Paulo, o Red Bull Station ocupa a antiga subestação Riachuelo, desativada desde 2004 e tombada como patrimônio histórico pelo Conpresp.

Para mais informações sobre a programação, consulte a agenda no site www.redbullstation.com.br

 

 

 

THE SOUNDTRACKERS

Padrão

Trilhas do Cinema Agora no Palco do Bourbon Street

No Próximo dia 19 de agosto aproveite essa apresentação que passeia pelo Cinema

As paixões por cinema e música fizeram com que nascesse em 2008 um espetáculo com o melhor da música pop do cinema hollywoodiano dos anos 50 até os dias atuais. Depois de uma parada estratégica de 6 meses, os Soundtrackers estão de volta com novos integrantes e surpresas no repertório. No repertório, trilhas que vão dos anos 50 até os dias atuais, de Elvis a Guns N’ Roses, passando por Beatles, ABBA, Bee Gees, Simple Minds e Prince, pra citar só alguns.

A caracterização de personagens marcantes do cinema continua: Rodrigo Rodrigues, fã de “De Volta para o Futuro”, encarna Marty McFly versão 2015; a vocalista Claudia Gomes veste o tradicional figurino da Sandy, do Grease; Fábio Nogueira, também no vocal, é o clássico Blues Brother; Pedro Rangel, na bateria, curte a vida adoidado no melhor estilo Ferris Bueller e, nos teclados, Michel Membrive é o Tom Cruise em Top Gun. As novidades ficam por conta de Amauri Souza, o Tony Manero da Guitarra e Raffa Machado, que sobe ao palco trajado de Paul McCartney, direto de A Hard Day’s Night.

O CD com 14 faixas, lançado em 2010, continua disponível na iTunes Store e vende no mundo inteiro: EUA, Alemanha, Austrália, Itália, Japão, Inglaterra, Argentina, França, Espanha, Holanda, Grécia já compraram as versões da banda para os clássicos do cinema.

Serviço

Local: Bourbon Street | Rua Dos Chanés, 127 – Moema – SP

Bilheteria Bourbon Street: Rua dos Chanés 194 – de 2ªf.a 6ª.f das 9h às 20h, sábado e feriado das 14h às 20h

Fone para reserva: (11) 5095-6100 (Seg. a sexta) das 10h às 18h

Data : 19/08/ 2017- sábado

Homepage: http://www.bourbonstreet.com.br/

 

O paisagista, Marcelo Rosenbaum lança o projeto Molongó em Evento de Design

Padrão

Casa Museu Eva Klabin do Rio de Janeiro celebra 22 anos neste sábado

Padrão

Casa Museu Eva Klabin completa no sábado, 12 de agosto, 22 anos de história como museu e espaço para diversas atividades artísticas. Para celebrar a altura, será oferecida uma programação intensa com oficinas de arte, atrações infantis e adulto, fechando com chave de ouro com o conjunto internacional The London Music Club Quartet. 

No dia todas as atividades, incluindo o último show, serão gratuitas. A ideia é fazer com que cada vez mais as pessoas possam ter acesso a arte de uma maneira geral, além de reconhecer um espaço tão bacana e exclusivo dedicado à toda família.

Sobre a Casa:

Com um acervo riquíssimo que contabiliza mais de duas mil peças – entre elas pinturas de Tintoretto e Botticelli, esculturas, mobília, obras super raras, entre outros -, o espaço aproveita a data para oficializar a troca de nomes de Fundação Eva Klabin para Casa Museu Eva Klabin, reforçando assim sua relevância no cenário artístico carioca.

Antiga moradia da herdeira e colecionadora de arte Eva Klabin, a Casa Museu Eva Klabin tem se firmado não só como um espaço dedicado às exposições, mas também às apresentações musicais – adulto e infantil -, oficinas, workshops, além de oferecer as tradicionais visitas mediadas de terça a domingo, com gratuidade aos finais de semana. Um verdadeiro tesouro no coração da Zona Sul.

Entre as atividades , estão: Visita mediada à coleção , Detetives no Museu (atividade para o  público infantil), Farra dos Brinquedos , Conhecendo a impressão 3D( direcionada à estudantes e profissionais da área), Cantinho de leitura com livros para ler e colorir, entre outras atividades.

Mais informações: http://www.evaklabin.org.br

F.E.E.L.S. Apresenta um repertório repleto de hits do pop rock no Bourbon Street

Padrão

 

No próximo dia 12/08 a banda Frank Elvis & Los Sinatras (ou apenas F.E.E.L.S.) leva música de qualidade e muita diversão ao seu show no Bourbon Street. Liderada por Junior Del Campo – o criador e ex-vocalista da banda performática Quasímodo – a banda é formada por seis artistas experientes e competentes. No palco o que predomina é o carisma, o bom gosto, a alegria e a impecabilidade musical, tudo conduzido pelo cantor, que encarna o ‘mestre-de-cerimônias’ Frank Elvis, um “híbrido” de Elvis Presley com Frank Sinatra, mas com uma boa dose de Cauby Peixoto.

O repertório vasto e variado passa pelos anos 50, 60 e 70, pela new wave e pelo rock nacional da década de 80, visitando o soul e o r&b, chega aos maiores sucessos dos dias de hoje, sem esquecer, é claro, dos maiores hits de Elvis Presley e Frank Sinatra!Vai de Blue Suede Shoes (Elvis Presley), Rock Around The Clock (Bill Halley & The Comets); emenda a Twist And Shout (The Beatles) e I Feel Good (James Brown; Dancing Days (As Frenéticas), Material Girl (Madonna), Psycho Killer (Talking Heads, Kiss (Prince), Don’t Look back In Anger (Oasis),chega a Rehab (Amy Winehouse), Mr. Brightside (The Killers, Last Nite (The Strokes),entre muitos outros sucessos de cada década.

Dica Alegre para o final de semana

Serviço

Local: Bourbon Street | Rua Dos Chanés, 127 – Moema – SP

Bilheteria Bourbon Street: Rua dos Chanés 194 – de 2ªf.a 6ª.f das 9h às 20h, sábado e feriado das 14h às 20h

Fone para reserva: (11) 5095-6100 (Seg. a sexta) das 10h às 18h

Data : 12/08/2017 – Sábado

Horário: 00h00

Abertura da casa: 21h00

Mais Informções:  http://www.bourbonstreet.com.br/

 

Dirigida por Jô Soares, Histeria é uma comédia delirante causada pelo encontro do pai da psicanálise, Sigmund Freud, com o mestre do surrealismo, Salvador Dalí.

Padrão

Dica leve de Teatro para o seu final de semana: Histeria que já teve mais  de 130 apresentações, turnê por 15 cidades e público aproximado de 65.000 pessoas, 

Escrita em 1993, comédia teatral do autor britânico Terry Johnson ganhou direção de John Malkovich e sua montagem foi aclamada por diversos países da Europa, com grande sucesso de público e crítica. Depois de assistir e se encantar com a montagem em Paris, Jô Soares traduziu o texto e dirige a versão brasileira da comédia consagrada pelo mundo.

Em 1938, o pintor surrealista Salvador Dalí visita o pai da psicanálise Sigmund Freud, este já padecendo de uma doença incurável e às portas da morte. Freud havia recentemente escapado da Europa nazista e estabelecera-se em Londres.  Deste encontro histórico, e algo inusitado, surge a matéria prima para Histeria, comédia escrita pelo aclamado dramaturgo inglês Terry Johnson.

Durante o episódio retratado na peça, as certezas de Freud são questionadas por duas outras personagens, enquanto a obra de Dali é satirizada numa visão auto parodiada dele próprio. Entre diálogos inteligentes, situações farsescas, ritmo frenético e até alucinações, surge uma das “encruzilhadas” do texto: retirar a essência do mito é minar o fundamento da fé?

HISTERIA

Teatro Raul Cortez (513 lugares)

Rua Dr. Plínio Barreto 285 – Bela Vista

Informações: 3254.1631

Bilheteria: terça a quinta das 14h às 20h; sexta a domingo a partir das 14h. Aceita todos os cartões de débito e crédito. Não aceita cheque. Ar condicionado e acesso para deficientes. Estacionamento do teatro: R$ 23

Vendas: (11) 2626-5286 – www.compreingressos.com

 Sexta às 21h30 | Sábado às 21h | Domingo 19h

 

Ficha Técnica:

 Texto: Terry Johnson

Tradução e direção: Jô Soares

Produção: Rodrigo Velloni

Elenco: Norival Rizzo, Cassio Scapin, Erica Montanheiro e Milton Levy

Diretor assistente: Mauricio Guilherme

Iluminação: Maneco Quinderé

Cenografia: Chris Aizner e Nilton Aizner

Figurino: Fábio Namatame

Música Original: Ricardo Severo

Videografismo e Mapping: André Grynwask e Pri Argoud

Fotografia: Priscila Prade

Direção de Arte Gráfica: Giovani Tozi

Produção Executiva: Barbara Dib

Assistente de produção: Adriana Souza

Administração financeira: Vanessa Velloni

Realização: Velloni Produções Artísticas

 

4ª edição CompartiArte une exposição de arte contemporânea

Padrão

A  exposição reúne artistas consagrados e emergentes e destina parte das vendas para Instituições Sociais

Começa amanhã no  Centro Brasileiro Britânico o CompartiArte ,evento anual criado em 2014 por um pequeno grupo voluntário – Cleusa Garfinkel, Ligia Domingues, Roseli Boms e Angela Akagawa, ao lado do consultor de arte Agnaldo Farias, com o objetivo de arrecadarm para Instituições beneficentes.

A exposição acontece entre os dias 10 e 11 de agosto com obras de artistas celebrados no Brasil e exterior, além de nomes emergentes. As pinturas, esculturas, desenhos, aquarelas, gravuras, fotos e até arranjos Ikebana estão à venda. Os artistas doam 50% do valor ao fundo da CompartiArte – sendo que alguns deles doam uma porcentagem ou ainda o valor em sua totalidade.

Visitas podem ser agendadas para crianças e adolescentes, acompanhados por uma voluntária especialista em arte. Além disso, são organizadas palestras e mesas-redondas com artistas, colecionadores ou curadores, direcionadas tanto para quem deseja iniciar uma coleção quanto para os admiradores da arte.

Nesta 4ª edição, as entidades contempladas com a destinação dos recursos levantados serão a AMEM (Associação dos Amigos do Menor pelo Esporte Maior) e a Share (Associação Beneficente Nossa Senhora Auxiliadora).

Para ter acesso à exposição, os convidados deverão adquirir convites no valor de R$ 50. Esta quantia poderá ser descontada no momento da aquisição de obras ou doado juntamente com o resultado das vendas. Os convites podem ser adquiridos através do e-mail secretaria@ongshare.com.br

Abertura no dia 9 de agosto, a partir das 19h
Dias 10 e 11 de agosto, das 10h às 20h
Local: CBB – Centro Brasileiro Britânico, na Ria Ferreira de Araújo, 741 – Pinheiros – São Paulo/SP