Arquivo da tag: Antonio Peticov

Antonio Peticov inaugura exposição “As Mesas de Picasso”

Padrão

903 - O Professor # 13O artista plástico, Antonio Peticov inaugura hoje dia 11 de setembro a exposição inédita intitulada “As Mesas de Picasso”, são 17 telas em tinta acrílica com releituras das mesas retratadas nas pinturas de Pablo Picasso. A Mostra acontece na Galeria 22 – Itaim, com entrada gratuita. A curadoria é do próprio artista e apresentada por Fábio Magalhães, a exposição ficará aberta ao público do dia 12/09 até o dia 11/10.
Peticov é um artista de vivência internacional, trabalhou durante longos períodos em Londres, Milão e Nova York, cidades onde residiu por um período de 29 anos. “A arte está em mim desde criança e na procura por informações sobre esse universo, um dos primeiros livros que adquiri, ainda em 64, foi um de fotografias de Picasso em seu estúdio no sul da França, que me deixou fascinado com o modus operandi do artista, entre suas pinturas, esculturas, cerâmicas e colagens”, diz Antonio. Desde sempre Picasso o inspirou e muitas vezes se apoiou no exemplo deste catalão, cuja obra não cansa de revisitar.

As telas apresentadas mostram o resultado da constatação que o artista fez de que em muitas pinturas de Picasso existiam elementos em comum com as suas próprias obras, que são as mesas, onde a ação se desenrola. Nas releituras de Peticov essas mesas são como um palco para cenas recriadas por ele, que compõem diferentes situações baseadas, tanto no seu próprio universo pictórico, como no de outros artistas, que já fazem parte do patrimônio cultural da humanidade, tais como: Paolo Ucello, Holbein, Man Ray e Naum Gabo. Não por acaso todas as telas têm o título de “O Professor”, (O Professor #1 até O Professor #17).

“Após ter escolhido algumas de suas obras mais conhecidas, iniciei a produção de desenhos utilizando pastel a sêco e a óleo em folhas de 66 X 96 cm”. A série cresceu e surgiram as 17 obras e em todas, nota-se a imagem de estranhos objetos, às vezes um vaso ou a perna de uma mesa, entre outros elementos, cuja forma é delineada por um perfil humano. Nesse processo criativo, o artista acabou criando um “logotipo” especial para essa exposição chamado de “O Professor e o Aluno”, com os perfis de Picasso e Peticov.

Vale à pena conferir essa nova fase de Peticov nas telas de 100 X 145 cm pintadas entre 2013 e 2014. Além da apropriação de imagens de outros artistas. Peticov, que é o único brasileiro a participar do “Gathering for Gardner”, encontro bianual dos maiores físicos e matemáticos do mundo, explora as técnicas de percepção visual relacionadas aos paradoxos visuais, figuras ambíguas, anamorfoses, ilusões de ótica e da relação figura/fundo, retratando nesses seus novos trabalhos uma grande variedade de quebra-cabeças.

“Essas ambivalências do olhar não são unicamente perceptivas, elas nos motivam e fazem pensar, provocam aspectos de cognição, ou seja, de juízo, de raciocínio e de imaginação”, declara Fábio Magalhães, finaliza dizendo sobre os perfis de Picasso e Peticov, que se de rontam olho no olho: “E com os artifícios dos elementos das obras como cálices, os dois artistas parecem brindar sobre a mesa, essa íntima e prazerosa conversa plástica”.

“Mesas de Picasso”
Galeria 22
Endereço: Rua: Pres. Juscelino Kubitschek, 417 – Vila Nova Conceição – São Paulo – SP, 04543-010
Telefone: (11) 3742-0294
Data: de 12/09 a 11/10/2014
Entrada Gratuita
Horário: Segunda à sexta das 10 às 18 hs e aos sábados das 11 às 15 hs

Anúncios

Galeria de Fotos Vernissage Exposição “Que os Anjos Digam Amém”

Galeria

Exposição “Cores e Texturas”

Padrão

Fica até dia 31 de agosto no Centro Cultural Judaica a exposição “Cores e Texturas, estão expostas 20 obras confeccionadas em oficinas de artes pelos alunos do Instituo Olga Kos de Inclusão Cultural. As oficinas foram realizadas pelos renomados artistas Claudio Tozzi e Antonio Peticov.

Em 6 anos de existência, o IOK já atendeu mais de 2.500 jovens com deficiência intelectual, nas áreas de artes e esportes. Destes, 50 % estão aptos a ingressar no mercado de trabalho.

As obras expostas estarão à venda com preço médio de R$ 250,00. A verba arrecadada com tem parte revertida para dar continuidade aos projetos do Instituto Olga Kos.

Exposição – Centro da Cultura Judaica
Quando? De 27 a 31 de agosto  – Horário: das 12h às 19h
Onde?: Centro da Cultura Judaica – Rua Oscar Freire, 2500, Pinheiros.
Quanto? Entrada Gratuita

Que os Anjos Digam Amém

Padrão

No próximo dia 29 de agosto abre para visitação do público a exposição “Que os anjos Digam Amém” da artista multimídia, Cacau de Freitas na Galeria Pintura Brasileira com trajetória por Nova Iorque, Londres e Paris realiza mostra que integra telas, instalações, performance e desenhos.

A exposição fica até dia 13/09 e tem a curadoria do artista plástico, Antonio Peticov. Serão apresentadas várias técnicas apuradas durante a última década pela artista. É um mundo fantástico que reflete sobre as guerras, religião e inquietações. “Para produzir as obras foram momentos introspecção, onde os impulsos criativos e espirituais acontecem com mais freqüência e com isso crio e transformo em arte”, diz Cacau de Freitas.

A mostra conta com trabalhos de grandes dimensões, 1 instalação onde o tempo é marcado pela oxidação das peças, uma árvore de ferro representa os “Cacos de Mi Vida”, assim como um vídeo que mostrará a construção da obra “Estátua da Liberdade” , elaborada a partir de materiais reciclados encontrados em caçambas.

A produção faz uma homenagem as Madonas que conversam com 7 poemas; Shakespeare, Goethe, Pablo Neruda, Mariolina Venezia, Fernando Pessoa, Carlos Drummond de Andrade e Rimbaud.

Acontecerá 1 performance em cenário inusitado produzido a partir da oração do Pai Nosso em latim e ainda terá 1 montagem com um sofá francês, onde sugere o questionamento sobre o destino e o que ficou para trás, o nome é “ Wooden Couch” e 10 desenhos utilizando o guache, pastel seco e aquarela, que revelam a espiritualidade da artista.

Que os Anjos Diagam Amém
Onde? Galeria Pintura Brasileira – Rua: Groelândia, 530 Jardim Paulistano
Quando? de 29/08 a 13/09/2013 de segunda a Sexta das 10 às 19hs Sábados: 10 às 14hs
Quanto? Entrada Gratuita
Informações (11) 2729-5585
http://www.pinturabrasileira.com

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mostra celebra 70 anos de Gilberto Gil

Padrão

8Q9I1101Foi inaugurada esta semana, no Itaú Cultural, a exposição Gil 70, que celebra os 70 anos de Gilberto Gil e seus 50 de carreira.

São apresentados ao público 23 trabalhos apresentados em diferentes linguagens e suportes, como pintura, vídeo, fotografia, escultura e instalação, todos inspirados nas canções de Gil ou dedicados a ele.

Entre os artistas que realizaram obras para a mostra estão nomes como Omar Salomão, Carlos Nader e Arnaldo Antunes. A explosão de corações na instalação de Adriana Calcanhoto dá dica sobre a música que inspirou a cantora, “Corações a Mil”, composta por Gil na década de 1970 para o filme de Tom Job Azulay. Já Caetano Veloso dedica a Gil o poema-instalação “Gilberto Misterioso”, assim como Augusto de Campos que homenageia o cantor baiano com o poema visual “Tristes Tópicos”.

Além das obras, a exposição conta com uma grande linha do tempo, ilustrada com imagens, áudios e vídeos, que revelam um pouco da vida pessoal de Gil, e faz um contraponto com sua trajetória profissional acompanhada pelos acontecimentos importantes de cada momento histórico que refletem fortemente na obra do cantor baiano.

A mostra, que já passou pelo Centro Cultural correios, no Rio de Janeiro, fica em cartaz em São Paulo até fevereiro de 2013. A exposição também conta com um site (www.gil70.com.br) que reúne materiais extras sobre Gilberto Gil, manifestos, artigos e depoimentos que revelam um pouco mais sobre a vida e obra do ex-ministro da Cultura.

A equipe do Conexão Cult foi conferir a abertura. Confira as fotos:

Flora e Gilberto Gil

Flora e Gilberto Gil

Afonso Luiz, Aguilar e Antonio Peticov

Afonso Luiz, Aguilar e Antonio Peticov

Carlos Renó, Aguilar, Vandi

Carlos Renó, Aguilar, Vandi

Fernando Haddad e a esposa Ana Estela Haddad

Fernando Haddad e a esposa Ana Estela Haddad

O publicitário Nizan Guanaes e seu filho

O publicitário Nizan Guanaes e seu filho

A atriz Virgínia Kavendish

A atriz Virgínia Kavendish

A ministra da Cultura, Marta Suplicy

A ministra da Cultura, Marta Suplicy

Gil dá uma “palhinha” durante cerimônia de abertura da exposição Gil70

Gil dá uma “palhinha” durante cerimônia de abertura da exposição Gil70

O curador da exposição Gil 70, André Valias

O curador da exposição Gil 70, André Valias

8Q9I1411

Gil em frente a obra feita pelo Aguilar para a exposição Gil 70

Gil em frente a obra feita pelo Aguilar para a exposição Gil 70

* Crédito das fotos: Mônica Bento

Gil 70
Onde? Itaú Cultural – Av. Paulista, 142
Quando? Até 17 de fevereiro de 2013 – terça a sexta, das 9h às 20h, sábado, domingo e feriado, das 11h às 20h
Grátis

Projeto “Futebol pela Paz” será lançado na próxima quinta-feira

Padrão

Réplica da obra de Ringo Starr será apresentada aos convidados em 22 de março

O projeto “Futebol pela Paz”, idealizado pela Non-Violence Project Foundation em parceria com a Base Brasil, será lançado no próximo dia 22/03, quinta-feira, em evento para convidados, em São Paulo.

Estarão presentes no evento o idealizador do projeto, Markus Schruf, diretor da Base Brasil e o co-fundador da Non Violence, Jan Hellman. Na ocasião, também serão apresentadas obras originais de Yoko Ono, Lilian Bomeny, Antonio Peticov, Gregory Fink, Ivald Granato, além de uma réplica da obra desenvolvida por Ringo Starr.

Na ocasião, será apresentada a programação do Projeto, que inclui a implantação de programas educativos em escolas públicas brasileiras e nas escolas de futebol da Base Brasil por meio da capacitação de professores. Desta forma, eles serão treinados por técnicos da Non-Violence e da Base Brasil para estimular as aptidões sociais dos alunos através da ferramenta do desporto, de forma que estes poderão aplicar os valores adquiridos tanto na vida quanto na prática esportiva, no caso, o futebol.

A missão do programa é inspirar, motivar e envolver os jovens em um movimento mundial para reduzir radicalmente a violência e mudar atitudes. Afinal, como o futebol é uma ferramenta de motivação e inclusão social, enquanto uma criança, um jovem estiver com uma bola nos pés, não há chance de ter uma arma nas mãos. “O objetivo é usar o poder positivo do esporte, especialmente o futebol, para motivar as crianças e os educadores a participarem de um programa de habilidades que já ganhou mais de 70 prestigiados prêmios internacionais”, destaca Markus Schruf, diretor da Base Brasil.

Idealizado para passar pelas 12 cidades-sede da Copa do Mundo 2014, ou seja: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Recife e Salvador, o projeto visa atingir cerca de 1200 escolas e 800 mil crianças e adolescentes, com idade entre 6 e 18 anos.

“Futebol pela Paz” também inclui a produção e customização de 50 réplicas da “The Knotted Gun”, conhecida no Brasil como “Arma Atada”, escultura criada em 1980 por Carl F. Reuterswärd em memória a John Lennon. Estas réplicas serão entregues a artistas plásticos brasileiros, jogadores de futebol e celebridades para que sejam personalizadas, sendo que, uma das personalidades já confirmadas para a estilização das esculturas é o músico Derrick Green da banda Sepultura. Estas obras serão expostas nas 12 cidades sede da Copa do Mundo.

Em 2013 parte destas obras serão leiloadas, já em 2014 será realizado um leilão final, sendo que os recursos serão destinados à implementação dos programas do Non-Violence de incentivo ao futebol em escolas públicas nas cidades-sede da Copa do Mundo 2014 a também em escolas de futebol da Base Brasil.

 

Mostra “Os Onze Futebol e Arte – África do Sul 2010 X Brasil 2014” entra em cartaz em São Paulo

Padrão

A partir da próxima sexta-feira, 2 de março, o Espaço Cultural do Hospital Universitário da USP vai receber a mostra “Os Onze do Futebol – África do Sul 2010 X Brasil 2014”, que reúne trabalhos de 14 renomados artistas plásticos brasileiros que transpuseram para as telas o conceito do futebol, o esporte mais popular do País.

Um dos destaques da exposição é a tela “Paz Global”, de Antonio Peticov, produzida em acrílica sobre tela. Na mostra, o público também poderá conferir os trabalhos de Antonio Hélio Cabral, Cláudio Tozzi, Fernando Pacheco, Gregório Gruber, Inos Corradin, Ivald Granato, José Roberto Aguilar, José Zaragoza, Luiz Áquila, Luiz Baravelli, Tomoshigue Kusuno, Zélio Alves Pinto e Rubens Gerchman.

Em 2010, a exposição passou por cidades como Joanesburgo, na África do Sul, além de São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro. A ideia é que até 2014 a mostra seja vista em todas as cidades brasileiras que serão sedes de jogos de futebol durante a realização da Copa do Mundo de 2014.

“Os Onze Futebol e Arte – África do Sul 2010 X Brasil 2012”
Período: de 02 de março a 03 de abril, das 9h às 19h
Local: Espaço Cultural do Hospital Universitário da USP – Av. Prof. Lineu Prestes, 2565 – Cidade Universitária
Grátis