Arquivo da tag: CineSesc

Filme Manifesto Makumbacyber

Padrão

1186235_480536618709601_1377773672_nAmanhã dia 12 de setembro acontece no CineSesc ás 21h sessão especial gratuita de estreia do filme Manifesto Makumbacyber,  a temporada de exibição será de 13 a 18 de setembro ás 19 horas.

O Curta-metragem registra a estética e performance do Manifesto criado e dirigido por Xarlô, o Manifesto nasceu na casa da poeta Elisa Lucinda que o batizou de Manifesto. Depois de uma trajetória de 13 anos o Manifesto virou filme, o curta  tem direção de Beto Brant, que captou as imagens em duas locações: na abertura oficial do Carnaval de São Paulo em 2012, no Bloco Ilú Obá de Min, composto por 140 mulheres percussionistas, onde Manifesto se apresentou e no Festival Cartase que ocorreu na Casa das Caldeiras também em São Paulo no mesmo ano.

“Nós Trazemos a Bandeira da Paz” por Manifesto Makumbacyber.

 

 

Ficha Técnica:
Filme Manifesto Makumbacyber
Do Coletivo Fata Morgana
Direção: Beto Brant
Fotografia e Câmera: Dimitre Lucho e Leonardo Maestrelli
Câmera adicional: Edu Quintino
Assistente de câmera: Thainá Tanizawa
Montagem: Manga Campion
Som direto: Raquel Diniz
Edição de Som e mixagem: Roberto Ferras
Produção: Drama Filmes
Fotografia: Monica Bento
Autoria do Manifesto Makumbacyber(criação, direção, voz, cenógrafo e figurinista): Xarlô

Quando? Hoje dia 12/09 estréia sessão gratuita ás 21h
De 13 a 18 de setembro às 19h
Onde? CineSesc – Rua Augusta, 20175
Informações: http://www.sescsp.org.br/unidades/2_CINESESC/#/content=programacao

Fique por dentro da programação de cinema da Virada Cultural

Padrão

Disque M para matarCom programação para todos os gostos, a Virada Cultural que começa a partir das 18h de amanhã, 18 de maio, vai trazer uma infinidade de opções para os cinéfilos que estiverem pela cidade.

Entre os destaques está a sessão de “Disque M para Matar” (1954), de Alfred Hitchcock, que terá exibição em 3D de uma cópia restaurada, ainda inédita na América Latina, no CineSesc. A sala também exibe o suspense “Vestida para Matar” (1980), de Brian De Palma.

Já o Cine Dom José abriga a mostra Pink Porn, que vai exibir filmes eróticos, conhecidos como “softcores japoneses”, uma espécie de filme pornô de curta duração, cujo tema costuma ser violência, normalmente envolvendo membros das tradicionais organizações de crime organizado do Japão, Yakuza. O destaque fica para “A Mulher Inseto”, de Shohei Imamura.

O Cine Olido vai exibir 24 horas de filmes de terror underground, como “Rock n’Roll High School” (1979), longa de Allan Arkush que conta com a participação da banda de rock Ramones.

A programação do CCSP conta com sessões de filmes nacionais independentes na mostra “Vitrine”, como o ainda inédito no circuito “9 Crônicas de um Coração aos Berros”, de Gustavo Galvão, e “Estrada para Ythaca”, de Guto Parente, Pedro Diógenes, Luiz Pretti e Ricardo Pretti.

Confira a programação completa:

Centro Cultural São Paulo
Sábado
18h: “Eles Voltam”
20h: “9 Crônicas de um Coração aos Berros”
22h: “Doméstica”

Domingo
0h: “As Hiper Mulheres”
2h: “Um Lugar ao Sol”
4h: “Estrada para Ythaca”
6h: “A Cidade É uma Só?”
8h: “Pacific”
10h: “Crítico”
12h: “Esse Amor que Nos Consome”
14h: “No Lugar Errado”
16h: “Boa Sorte, Meu Amor”

Cinesesc
Sábado
18h: Uma Homenagem Para Carlos Reichenbach
19h: “As Leis Místicas”
21h30: “São Paulo, A Sinfonia da Metrópole”

Domingo
0h: “Juan de Los Muertos”
2h30: “Disque M para Matar – 3D”
5h: Filme Surpresa – “Vestida para Matar”
10h30: Uma Homenagem para Carlos Reichenbach
11h: “Tainá 3 – A Origem”
15h: “La Violetera”

Cine Dom José
Sábado
18h: “A Mulher Inseto”
20h30: “Segredos por Trás da Parede”
22h: “Blue Film Woman”

Domingo
0h: “Um Belo Mistério – A Lenda do Grande Pênis”
2h: “O Embrião Caça em Segredo”
4h: “Ejaculando Orações: uma prostituta de 15 anos de idade”
6h: “Escola da Besta Sagrada”
8h: “Dona de Casa – Sexo da Tarde”
9h30: “Os Pornógrafos”
12h: “S&M Hunter”
13h30: “Kyte/Breakdown”
15h: “Love – Zero = Infinity”
16h30: “Cabelos Negros, Alma de Veludo”
18h: “As Madeiras São Molhadas – Mulher Inferno”

Cine Olido
Sábado
20h: “Santa Sangre
22h: “Thriller, a Cruel Picture

Domingo
0h: “De Repente a Escuridão”
2h: “Emanuelle na América”
4h: “A Noite do Terror Cego”
6h: “Visitor Q”
8h: “Rock n’ Roll High School”
10h: “Fascinação”
12h: “Confissões de um Comissário de Polícia”
14h: “Terror nas Trevas”
16h: “Cartas de Amor de uma Freira Portuguesa”
18h: “Banho de Sangue”

Versão restaurada de Laranja Mecânica estreia em SP

Padrão

laranja-mecanica1O clássico Laranja Mecânica, dirigido por Stanley Kubrick em 1971, acaba de ter uma versão restaurada que irá estrear com exclusividade no CineSesc, em 26 de abril.

A restauração digital foi supervisionada pelo estúdio Warner, que recuperou a qualidade original das imagens e sons do filme. Quem vir o longa irá notar diferença nas cores e nos efeitos de luz.

Aliás, por falar em Kubrick, a exposição sobre o diretor que será realizada no MIS (Museu da Imagem e do Som) este ano já tem data para acontecer: 9 de outubro. Na mostra o público poderá conferir dezenas de objetos utilizados em todos os filmes do cineasta, como nos famosos “Laranja Mecânica”, “Spartacus” e “Lolita”. Serão expostos figurinos, adereços, fotografias, scripts, rascunhos, maquetes, documentos e materiais de pesquisa. Portanto, não percam!

Festival de Cinema de Direitos Humanos

Padrão

Começa em 22 de novembro a 7ª edição da Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul, que até 20 de dezembro irá passar por 26 capitais do país e também pelo Distrito Federal.

Nesta edição, a mostra presta uma homenagem a Eduardo Coutinho. Considerado um dos mais importantes documentaristas da atualidade, seu trabalho é reconhecido pela sensibilidade e pela capacidade de ouvir o outro, registrando sem sentimentalismos as emoções e aspirações das pessoas comuns. Estão programados o clássico “Cabra Marcado Para Morrer” (1984), premiado no Festival de Berlim, “Santo Forte” (1999), um mergulho na intimidade de católicos, umbandistas e evangélicos de uma favela carioca, e “O Fio da Memória” (1991), mosaico sobre a experiência negra no Brasil a partir da figura de um artista popular. Coutinho tem encontro com o público no dia 24/11, sábado, às 16h30, na Cinemateca Brasileira (São Paulo).

A programação traz ainda uma série de títulos inéditos no circuito comercial, como os longas-metragens “Hoje”, de Tata Amaral, e “O Dia Que Durou 21 Anos”, de Camilo Tavares. Também inédito comercialmente no país, o colombiano “Chocó”, de Johnny Hendrix Hinestroza, foi lançado pelo Festival de Berlim deste ano e transformou-se em grande sucesso de público: meio milhão de pessoas assistiram ao filme na Colômbia. A obra destaca os problemas do desemprego, do desalojamento e da violência doméstica.

Com sua estreia mundial também promovida pelo Festival de Berlim, o indicado oficial pelo Uruguai ao Oscar de Filme Estrangeiro “A Demora” mostra uma mulher, de família pobre, que não consegue internar seu idoso pai em um asilo e acaba tomando uma atitude drástica. Assinado pelo cultuado diretor Rodrigo Plá, o longa é inédito nas salas brasileiras.

Já “Batismo de Sangue”, dirigido por Helvécio Ratton, trata da participação de frades dominicanos na luta clandestina contra a ditadura militar brasileira, no fim dos anos 1960. Adaptado do livro homônimo de Frei Betto, vencedor do prêmio Jabuti, o filme foi vencedor dos prêmios de melhor direção e melhor fotografia no Festival de Brasília e tem no elenco Caio Blat, Daniel de Oliveira, Cássio Gabus Mendes e Ângelo Antônio.

Toda a programação pode ser consultada em: http://www.cinedireitoshumanos.org.br/2012/

7ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul
Onde? Cinemateca Brasileira – Largo Senador Raul Cardoso, 207 e CineSesc – Rua Augusta, 2075
Quando? 22 a 29 de novembro
Grátis

Festival Mix Brasil

Padrão

Considerado o maior festival LGBT da América Latina, o 20º Mix Brasil de Cultura da Diversidade ocorre de 8 a 18 de novembro em sete espaços da capital paulista. O longa belga “No Caminho das Dunas” (2012), de Bavo Defurne, abre o evento no Cinesesc Augusta.

Com filmes inéditos no país, curtas, peças, performances, “Balada Literária” e o show do Congo, a programação do evento se estende ao Centro Cultural São Paulo, Museu da Diversidade, Cine Olido, Cinesesc Augusta e Espaço Itaú de Cinema Augusta salas 3 e 4, e no Largo do Arouche, no centro, além do Beco do Graffiti, na Vila Madalena.

A entrada é gratuita no CCSP, Museu da Diversidade, Largo do Arouche e Beco do Graffiti. No Cine Olido, custa R$ 1, enquanto no Cinesesc sai por R$ 16. Já os ingressos para o Itaú custam de R$ 10 a R$ 18. Nesse espaço, quem falar na bilheteria que é gay, lésbica ou simpatizante, paga meia-entrada. Essa ação ocorre pela primeira vez no evento e segundo a organização, é mais uma “brincadeira” e agrado ao público.

O festival receberá convidados internacionais, como o ator francês Stéphane Rideau, o cineasta francês Gaël Morel, o escritor colombiano Alonso Valter Sanches e o diretor argentino Javier van de Couter, entre outros.

Fonte: Folha de S.Paulo

James Dean no CineSesc

Padrão

Dentro das telas, James Dean (1931 – 1955) foi o espelho da rebeldia e dos conflitos existenciais que cercavam sua geração ao estrelar filmes icônicos sobre esta temática, fator que o consagrou como um dos maiores ícones do cinema mundial.

Até 4 de outubro, o CineSesc cultua o legado do ator pela mostra “Eternamente Jovem – Retrospectiva James Dean”. O público pode conferir clássicos protagonizados pelo norte-americano, como “Juventude Transviada” (1955), “Vidas Amargas” (1955), e “Assim Caminha a Humanidade” (1956), além de tele-dramas protagonizados pelo astro.

Veja a programação aqui!

Eternamente Jovem – Retrospectiva James Dean
Onde? CineSesc – Rua Augusta, 2075
Quando? Até 4 de outubro
Ingressos: até R$ 12,00

Irmãos Coen no CineSesc!

Padrão

A partir de hoje, no CineSesc, será possível conferir a filmografia de uma das mais talentosas duplas de irmãos e diretores da atualidade, os norte-americanos Joel e Ethan Coen.

A mostra, intitulada “Irmãos Coen – Duas Mentes Brilhantes”, será aberta com a exibição de “Gosto de Sangue”, primeiro filme da dupla, produzido em 1984. Entre os destaques estão o vencedor do Oscar “Onde os Fracos Não Tem Vez” (2007), “E Aí, Meu Irmão, Cadê Você?” (2000), “Fargo – Uma Comédia de Erros”(1996), “O Grande Lebowski” (1998) e “Queime Depois de Ler” (2008).

Nas últimas três décadas os irmãos Coen aperfeiçoaram cada vez mais seu peculiar estilo narrativo repleto de humor negro e de uma plasticidade única. Seus personagens, na maioria das vezes, são pessoas aparentemente normais, representando a classe média norte-americana, que se envolvem em crimes e situações inusitadas, quase que por acaso.

Paralelamente, o CineSesc vai promover um curso sobre o cinema dos Coen. Os valores variam de R$ 7,50 a R$ 30.

Confira a programação:
“Gosto de Sangue” – Sexta (10), às 19h.
“Arizona Nunca Mais” – Sábado (11), às 19h.
“Ajuste Final” – Domingo (12), às 19h.
“Barton Fink – Delírios De Hollywood” – Segunda (13), às 19h
“Na Roda da Fortuna” – Terça (14), às 19h
“Fargo – Uma Comédia de Erros” – Quarta (15), às 19h
“O Grande Lebowski” – Quinta (16), às 19
“E Aí, Meu Irmão, Cadê Você?” – 17/8, às 19h
“O Homem que Não Estava Lá” – 18/8, às 19h
“O Amor Custa Caro” – 18/8, às 23h
“Matadores de Velhinhas” – 19/8, às 19h
“Onde os Fracos Não Tem Vez” – 20/8, às 19h
“Queime Depois de Ler” – 21/8, às 19h
“Um Homem Sério” – 22/8, às 19h
“Bravura Indômita” – 23/8, às 19h

Irmãos Coen – Duas Mentes Brilhantes
Onde? CineSesc – Rua Augusta, 2075
Quando? 10 a 23 de agosto
Ingressos: R$ 4,00