Arquivo da tag: Itália

Caravaggio no Masp

Padrão

Finalmente chegou a São Paulo a exposição “Caravaggio e seus seguidores”, em cartaz no Masp até 30 de setembro. A mostra, que integra as comemorações do ano da Itália no Brasil, reúne sete obras do artista e 14 peças de pintores influenciados por sua técnica.

“Medusa Mortula”, finalizada em cerca de 1596, é um dos grandes destaques da exposição. Embora conhecida como “a nova Medusa”, é provável que tenha sido pintada antes da versão que está exposta em caráter permanente na Galeria Uffizi, em Florença. É “nova” porque, apenas em 2011, sua autenticidade foi comprovada.

Consagrado como um dos artistas mais copiados do mundo, Caravaggio traz em sua biografia um temperamento intempestivo intolerante às regras. Resultado disso é uma obra de intensidade ímpar, repleta de religiosidade, violência, sensualidade, inconformismo e inconstância.

Sua obra parece amalgamar sagrado e profano, real e metafísico, tudo num jogo de luz que consagrou o artista como maior mestre do claro-escuro, estratégia para revelar e também esconder.

Após o encerramento da mostra em São Paulo, ”Caravaggio e Seus Seguidores” será apresentada em Buenos Aires.

Caravaggio e Seus Seguidores
Onde? Masp – Av. Paulista, 1578
Quando? Até 30 de setembro. Terça, quarta, sexta a domingo, das 11h às 18h; quintas, das 11h às 20h
Ingressos: R$ 15,00 e grátis às terças

Império Romano no Masp

Padrão

Joias, afrescos, esculturas, roupas e outros tesouros do Império Romano podem ser vistos na mostra “Roma – A vida e os imperadores” que fica em cartaz no Masp até o próximo domingo, 1º de abril.

As mais de 300 peças que integram a mostra foram trazidas do Antiquário de Pompeia, da Galeria Uffizi e de outros importantes museus arqueológicos italianos. Esses objetos fazem uma leitura do período tardio da República, entre Júlio César (49 a.C. – 44 a.C.) e Augusto (27 a.C – 14 a.C), até os primeiros séculos do Império Romano, sob o governo de Septímio Severo e seu filho Caracala, que reinaram entre 193 e 217 d.C.

Nesse aspecto, as peças desvendam hábitos e costumes do povo romano e de seus imperadores, além disso, contam a história de um momento em que arte, arquitetura, cerimônias e a vida cotidiana de Roma foram disseminadas por toda a Europa e parte da Ásia e África a partir das conquistas do Império.

Os destaques são as três paredes com afrescos da Vila de Pompeia, as estátuas da deusa Isis, de Júpiter, de Lívia – esposa do imperador Augusto-, a cabeça colossal de Júlio César, os desenhos do Coliseu, a escultura de Calígula, a armadura de gladiador e uma lamparina de ouro, estruturadas em ordem cronológica e em quatro núcleos: Entre César e Augusto: o nascimento do Império; Nero; O Apogeu do Império e Um Império Multicultural.

A mostra é formada por quatro núcleos expositivos com mapas, fotos e documentos e marca a abertura da programação do Masp no Momento Itália Brasil 2011-2012.

Roma – A Vida e os Imperadores
Onde? Galeria Clemente Faria (Mezanino e Hall) do Masp – Av. Paulista, 1578
Quando? Até 1º de abril, de terça a domingo, das 11h às 18h, quintas, das 11h às 20h
Ingressos: R$ 15,00.
Grátis às terças

Mostra DNA Italiano no Brasil

Padrão

Um projeto construído pela emoção gera uma mostra fotográfica que representa um tributo a todos os ítalo-brasileiros. É assim que é definida a exposição “DNA italiano no Brasil” que será inaugurada no próximo domingo, 16 de outubro, no Espaço Cultural Conjunto Nacional, em São Paulo.

Reunindo imagens acompanhadas de textos contendo as histórias e realizações de 38 personalidades ítalo-brasileiras, a exposição abre na capital paulista as comemorações do “Momento da Itália no Brasil”, composta por um ciclo de eventos que se dará no período entre outubro de 2011 e junho de 2012.

A exposição “DNA Italiano no Brasil” é a primeira mostra que retrata italianos e seus descendentes buscando elementos de sua modernidade de modo a inspirar as novas gerações a construírem laços cada vez mais sólidos e perenes entre estas duas culturas.

Atualmente, o Brasil é composto por uma comunidade de aproximadamente 26 milhões de italianos e descendentes, sendo que esta concentração populacional é maior no estado de São Paulo. Acompanhar a história de vida destes personagens revela não apenas como a cultura italiana foi se amalgamando à brasileira, mas também como o Brasil foi se revelando e encantando os italianos, produzindo novas e criativas formas de comportamento, do viver cotidiano, decorrentes de ambas as culturas. Muitos obtiveram prestígio e reconhecimento nacional e internacional, são exatamente alguns desses personagens que estão focalizados na mostra “DNA italiano no Brasil”.

As personalidades retratadas são: Afonso Roberto, Alessandro Martineli, Andrea Matarazzo, Bruna Lombardi, Celia Pardi, Cesar Giobbi, Contardo Calligaris, Dalmo Dallari, Edoardo Pollastri, Eduardo Matarazzo Suplicy, Felipe Giavina Bianchi, Francisco Buonafina, Gianni Carta, Giovana de Toni, Giovanni Barontini, Heloisa Del Giudice, José de Oliveira Messina, Lala Deheinzelin, Luciana Foresti Lanzoni, Luiz Gonzaga Bertelli, Mara Gabrilli, Maria Carolina Del Bue, Marco Mattoli, Maria Bonomi, Marialice Cerello, Mario Mantovani, Mino Carta, Norma Calisti, Paola Biganti, Patrícia Palumbo, Roberto Vicente Frizzo, Silvana Tinelli, Valentina Lattuada, Victor Falasca Megido, Vilma Peramezza, Walter Fanganiello Maierovitch, Washington Olivetto e Zizi Possi.

Essas personalidades foram escolhidas de forma a representarem diferentes faixas etárias, sexos, áreas de atividades, nível de descendência além do grau de proximidade com a cultura italiana, tendo sempre como critério maior o de estarem inseridas na contemporaneidade brasileira.

 

DNA Italiano no Brasil
Espaço Cultural Conjunto Nacional, Avenida Paulista, 2073 – Piso Térreo
De 16 de outubro a 5 de novembro de 2011
Segunda a sábado das 9h às 21h; domingos e feriados das 12h às 21h
Grátis

Passeio ciclístico e exposição de bicicletas italianas

Padrão

Este mês a cidade de São Paulo recebe dois grandes eventos voltados aos ciclistas: uma pedalada, no domingo, dia 16, e uma mostra de bicicletas italianas no Conjunto Nacional, em exibição de 17 de outubro até 5 de novembro.

Para o domingo, o passeio ciclístico “Pedalando bicicletas da Lombardia”, terá largada às 11h no Parque do Povo e chegada ao Parque do Ibirapuera, prevista para 12h, onde os participantes serão recepcionados no espaço temático “Italia comes to you” (Arena de Eventos), promovido pela ENIT – Agência Nacional Italiana de Turismo.

No local, das 13h às 15h, haverá um workshop dirigido aos participantes do passeio, sobre as bicicletas e os roteiros italianos para o cicloturismo. Neste espaço, o público em geral também terá oportunidade de ver, em primeira mão, das 13h às 20h, a mostra das bicicletas Made in Italy, que seguirá a noite para o Conjunto Nacional, abrindo ao público a oportunidade de conhecer de perto alguns dos maiores fabricantes de bicicletas e acessórios do mundo. A mostra integra a exposição “DNA Italiano”, que traz fotografias de 36 personalidades da cidade de São Paulo com fortes vínculos com o país europeu.

O passeio ciclístico, que conta com o apoio da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de SP, é gratuito (mediante inscrição prévia até 14/10) e aberto ao público. Os participantes deverão levar suas bicicletas e ganharão um kit contendo camiseta, squeeze, boné e sacola de tecido. Após o passeio haverá sorteio de uma bicicleta.

Workshop “Bicicletas e os Roteiros Italianos para o Cicloturismo”
Quando? 16 de outubro de 2011 (domingo), das 13h às 15h
Onde? Espaço “Italia comes to you” – Parque do Ibirapuera
Grátis

Exposição de Bicicletas Italianas no Parque Ibirapuera
Quando? 16 de outubro de 2011 (domingo), das 13 às 20h
Onde? Arena de Eventos – Parque do Ibirapuera/ Av. Pedro Álvares Cabral, s/n – Portão 10
Grátis

Exposição de Bicicletas Italianas no Conjunto Nacional
Quando? de 17 de outubro a 05 de novembro de 2011 – De segunda a sábado das 7h às 22h; domingos e feriados das 10h às 22h
Onde? Conjunto Nacional – Av. Paulista, 2.073, piso térreo
Grátis