Arquivo da tag: Moda

Oficina gratuita de desenho e ilustração em moda

Padrão

O Sesc Vila Mariana oferece gratuitamente durante os meses de Junho e Julho, oficina Desenho e Ilustração em Moda.

A oficina integra a programação do Artemídia e Cultura Digital que abordará as técnicas básicas de desenho com enfoque em moda, de forma a representar graficamente o corpo de moda dentro de um contexto (dress code), corpo e movimento.

As aulas estarão ministradas pela estilista, designer e professora Renata Zaganin, que atua na área há mais de 15 anos e é atualmente a responsável pelos módulos de Desenho de Moda I e IV na Faculdade Santa Marcelina e é mestre em Educação, Arte e História da Cultura, pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.
As oficinas acontecem de 26 de junho a 24 de julho, sempre às quintas-feiras. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas na Central de Atendimento do Sesc Vila Mariana, desde 27/5.

Oficina de Desenho e Ilustração em Moda, com Renata Zagarin
Onde? Sesc Vila Mariana Rua Pelotas, 141
Quando? De 26 de junho a 24 de julho, quintas-feiras, às 15h
Internet Livre – 15 vagas
Não recomendado para menores de 12 anos
Quanto? Grátis |
Informações: 5080-3000

Anúncios

Circuito Moda e Arte

Padrão

Começa amanhã, 16 de junho, a sexta edição do Circuito Moda e Arte, evento que tem como missão promover o acesso democrático à cultura da moda. Com uma programação gratuita e aberta ao público em geral, reúne mostra de cinema, debates, oficinas criativas, performances e exposições.

O evento já teve sua programação realizada em espaços como Pinacoteca do Estado, Museu Lasar Segall, Reserva Cultural, Centro Cultural Banco do Brasil, Museu do Futebol, Casa das Rosas, CINUSP, Galeria Olido, entre outros.

Nesta edição, as ações serão realizadas no Museu da Língua Portuguesa, e o circuito terá a participação especial de Marcelo Sommer, que promete revelar detalhes de sua trajetória profissional e também apresenta a instalação “Vestido Vermelho”, concebida exclusivamente para dialogar com o espaço expositivo do Museu. Esta edição conta ainda com a participação do Designer Geraldo Lima, criador das etiquetas em braile; Michelli Provensi, modelo e Paola Fuenzalida, booker, ambas da Ford Models; Augusto Mariotti, diretor de conteúdo da Luminosidade, que apresentará o Movimento HotSpot para o grande público e a dinâmica oficina “Bonecas para Todos”, direcionada para todos os públicos, que trata diferença e igualdade de modo lúdico e bem humorado, do atelier Preta Pretinha.

6ª Edição do Circuito Moda e Arte
Onde? Museu da Língua Portuguesa – Pça. da Luz, s/n
Quando? 16 de junho a 1º de julho
Consulte a programação em: http://galeriacentral.org
Grátis

Circuito Moda e Arte começa hoje

Padrão

Paralelamente ao São Paulo Fashion Week (SPFW), acontece a 5ª edição do Circuito de Moda e Arte entre os dias 16 de janeiro e 10 de março.

Idealizado por Danilo Blanco e Fernando Zelman da Galeria Central, o evento promove debates, exposições, filmes e palestras que abordam a moda, através da cultura, arquitetura e futebol.

Durante quase 10 dias, a Pinacoteca do Estado, Museu Lasar Segall, Galeria L´oleil, Galeria Imago, Museu do Futebol, Reserva Cultural e Cinusp receberão a programação do evento.

O Cine Segall, por exemplo, vai abrigar a mostra Cinema de Moda, no qual serão apresentados clássicos como: Bonequinha de Luxo e Árvores dos Tamancos.

Já a Galeria L´oeil irá receber o trabalho do artista francês Bruno Pellerin, referência na fotografia contemporânea, na mostra “Coulisses de La Mode” com 30 imagens preto & branco que fazem referência à conexão entre moda, arquitetura, mobiliário e objeto. Enquanto isso, a Galeria Imago, localizada na unidade dos Jardins, recebe a instalação realizada pelos irmãos Doroty e Nido Campolongo, intitulada de “Lumière de soi(s) – seda e design”, além de palestras e rodas de conversas com estilistas e especialistas em moda.

A 5ª edição do Circuito de Moda e Arte também sai na frente e lança tendência ao abordar a relação da moda com o futebol nas palestras “Futebol, Cultura Jovem e Moda” e “O Placar da Moda x Futebol”, realizadas no Museu do Futebol, que recebe também uma oficina de origamis de camisetas de futebol em papel.

Dando inicio as comemorações dos 90 anos da Semana de Arte Moderna, o historiador de moda João Braga, irá ministrar a palestra “A moda no Brasil durante a Semana de 22”, no Museu Lasar Segall. O estilista Mario Queiroz fala sobre o processo de criação, enquanto o cineasta Olívio Tavares de Araújo ministra a palestra “Cinema, Moda e Arte – Fronteiras e Conexões”. Já a museógrafa Cecira Armitano é a responsável pela palestra “Arquiteturas corporais”, também no Museu.

A Pinacoteca do Estado contempla as relações da moda e da fotografia com a palestra do galerista e fotógrafo Renato de Cara, no bate-papo “Fotografia de Moda – dos editoriais ao colecionismo”, O curador de fotografia da Pinacoteca, Diógenes Moura, que fala sobre “A fotografia e a moda” e há também a palestra “A Moda tem a capacidade de apertar todos os botões da vida contemporânea” ministrada por Denise Pollini.

O último debate do Circuito Moda e Arte será realizado no cinema Reserva Cultural com a presença de Paola Fuenzalida, booker internacional da Ford Models e da modelo e escritora Michelli Provensi, também da Ford Models, uma das maiores agências de modelos do mundo. A programação do último dia do Circuito de Moda e Arte terá também um café da manhã francês, seguido de sessão especial da Mostra Cinema de Moda e bate-papo.

Por dentro do Fashion Rio 2012

Padrão

A temporada de moda brasileira começou esta semana com o Fashion Rio. E como moda também está relacionada à cultura, o Conexão Cult vai apresentar a partir de hoje um resumo diário do que está sendo apresentado nas passarelas.

Alexandre Herchcovitch, Acquastudio, Patachou, Alessa e Cantão abriram a temporada de no Píer Mauá com a apresentação das suas coleções de inverno.

Herchcovitch trouxe uma coleção baseada no jeans, que dominou a passarela em versões claras, sem lavagens e resignados, além de uma referência aos anos 1980, com cinturas altas, sapatos pesados, camisas amplas e contrastes de cores fortes.

Já a Acquastudio, grife caracterizada por investir em moda festa, não muito convencional, trouxe uma coleção inspirada nas formas dos anos 1950, com bordados florais, rendas, tudo com uma leve pegada contemporânea.

Inspirado no Oriente, o desfile da Patachou trouxe vestidos-quimonos com drapeados, amarrações e mangas longas. Os tecidos, muitas vezes misturados ou justapostos, assim como a cartela de cores, quente e forte, falam de uma imagem rica, cheia daquela vontade étnico-global, mas, assim, sem querer ostentar.

Fotos em alta resolução de tapetes persa viraram estampas para o inverno de Alessa, que trouxe camisas, saias e calças além dos tradicionais caftãs da grife. As cinturas livraram-se dos cintos e vêm soltas, deixando para os quadris o papel de delimitar onde termina a parte de cima do look.

Na Cantão, o conforto é a prioridade, portanto, continuam as formas amplas, de aparência quase que caindo sobre harmoniosamente sobre o corpo. Nesta coleção, essas formas ganham mais volumes com tricôs pesados e tweeds de lã.

Confira as fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grife francesa Hermès lança coleção em parceria com grafiteiro

Padrão

O grafite está em alta, seja nas ruas, dentro dos museus e agora também na moda. Para comprovar esta tendência, a Maison francesa Hermès estreia sua parceria intitulada “street fashion art” com o lançamento de lenços que ganharam desenhos do artista de rua francês Cyril Phan, conhecido como Kongo. Convidado pela grife ele desenvolveu uma linha colorida de carrés, um dos itens mais famosos da marca.

Chamada “Graff”, a coleção remete ao estilo de pintura do artista, que é fiel aos desenhos supercoloridos e com letras estilizadas. De origem vietnamita, Kongo é conhecido ao redor do mundo por ter coberto os muros de cidades como Nova Iorque, Paris e São Paulo com sua arte. Membro do MAC, um coletivo de grafite criado em Paris em 1987, Kongo é também um dos fundadores do Internationa Graffiti Festival, evento que reúne artistas da área.

Os lenços da Hermès já estão disponíveis em pontos de venda londrinos por 260 libras, sendo que parte do lucro das vendas será direcionada ao Kosmopolis, para financiar novos projetos com artistas. Ainda não há previsão de chegada dos lenços no Brasil.

Moda e Arte

Padrão

Já pensou em vestir um Dali? Ou um Gauguin? É isso mesmo, uma historiadora de arte americana, Georgina M, de 22 anos buscou inspiração em badalados pintores para criar looks baseados em seus quadros famosos.

A coleção pode ser vista em sua página no Polyvore, uma rede social voltada especialmente para quem gosta de moda. As combinações foram inspiradas nas obras de diversos artistas, como Toulouse-Lautrec, Henri Matisse, Frida Kahlo, Andy Wahrol, entre outros. Confira as fotos abaixo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: Moda GNT