Arquivo da tag: Virada Cultural 2013

Giro pela Virada Cultural 2013

Padrão

Quem ficou na fila para conseguir ingressos para as atrações do SESC não se arrependeu. No sábado, Drica Moraes e Mariana Lima encenaram “A Primeira Vista”, na unidade Pompeia, espetáculo que fica em cartaz até dia 26 e já estava completamente esgotado desde os primeiros dias de maio. Na Pompéia ainda era possível conferir uma exposição de gravuras, número de dança turca e a dupla de trompetistas Guizado e Rob Mazurek. E os fãs de black music se deliciaram com o show de George Clinton, criador do antológico grupo Funkadelic, estrela que fechou a programação no SESC Ipiranga, no domingo.

Na manhã do dia 19, todos os caminhos levaram à estação Julio Prestes, onde Criolo fez um dos shows mais concorridos da Virada. A galera GLS, no centro, curtiu as canções de fossa repaginadas pela atriz, cantora e performer Marisa Orth, no palco Cabaré, em frente a um dos prédios icônicos da metrópole – o Copan. Já a cantora Céu embalou os casais de moderninhos no Palco da 25 de Março, seguida pelo cantor pernambucano Otto.

Colaboração e fotos: Renata Rosa

Anúncios

Virada Cultural 2013

Padrão

A equipe do Blog Conexão Cult foi conferir a Virada Cultural 2013 e constatou que o evento não é o mesmo de outros tempos. Muita gente, palcos com atrações fracas, alguns totamente vazios e os que tiveram os grandes nomes não se via nada. O melhor da programação ficou nas unidades do Sesc. Fomos conferir o Consolação com o tema Pernambuco/Cuba. Vejam alguns momentos da Virada!

* Imagens: Mônica Bento

Fique por dentro da programação de cinema da Virada Cultural

Padrão

Disque M para matarCom programação para todos os gostos, a Virada Cultural que começa a partir das 18h de amanhã, 18 de maio, vai trazer uma infinidade de opções para os cinéfilos que estiverem pela cidade.

Entre os destaques está a sessão de “Disque M para Matar” (1954), de Alfred Hitchcock, que terá exibição em 3D de uma cópia restaurada, ainda inédita na América Latina, no CineSesc. A sala também exibe o suspense “Vestida para Matar” (1980), de Brian De Palma.

Já o Cine Dom José abriga a mostra Pink Porn, que vai exibir filmes eróticos, conhecidos como “softcores japoneses”, uma espécie de filme pornô de curta duração, cujo tema costuma ser violência, normalmente envolvendo membros das tradicionais organizações de crime organizado do Japão, Yakuza. O destaque fica para “A Mulher Inseto”, de Shohei Imamura.

O Cine Olido vai exibir 24 horas de filmes de terror underground, como “Rock n’Roll High School” (1979), longa de Allan Arkush que conta com a participação da banda de rock Ramones.

A programação do CCSP conta com sessões de filmes nacionais independentes na mostra “Vitrine”, como o ainda inédito no circuito “9 Crônicas de um Coração aos Berros”, de Gustavo Galvão, e “Estrada para Ythaca”, de Guto Parente, Pedro Diógenes, Luiz Pretti e Ricardo Pretti.

Confira a programação completa:

Centro Cultural São Paulo
Sábado
18h: “Eles Voltam”
20h: “9 Crônicas de um Coração aos Berros”
22h: “Doméstica”

Domingo
0h: “As Hiper Mulheres”
2h: “Um Lugar ao Sol”
4h: “Estrada para Ythaca”
6h: “A Cidade É uma Só?”
8h: “Pacific”
10h: “Crítico”
12h: “Esse Amor que Nos Consome”
14h: “No Lugar Errado”
16h: “Boa Sorte, Meu Amor”

Cinesesc
Sábado
18h: Uma Homenagem Para Carlos Reichenbach
19h: “As Leis Místicas”
21h30: “São Paulo, A Sinfonia da Metrópole”

Domingo
0h: “Juan de Los Muertos”
2h30: “Disque M para Matar – 3D”
5h: Filme Surpresa – “Vestida para Matar”
10h30: Uma Homenagem para Carlos Reichenbach
11h: “Tainá 3 – A Origem”
15h: “La Violetera”

Cine Dom José
Sábado
18h: “A Mulher Inseto”
20h30: “Segredos por Trás da Parede”
22h: “Blue Film Woman”

Domingo
0h: “Um Belo Mistério – A Lenda do Grande Pênis”
2h: “O Embrião Caça em Segredo”
4h: “Ejaculando Orações: uma prostituta de 15 anos de idade”
6h: “Escola da Besta Sagrada”
8h: “Dona de Casa – Sexo da Tarde”
9h30: “Os Pornógrafos”
12h: “S&M Hunter”
13h30: “Kyte/Breakdown”
15h: “Love – Zero = Infinity”
16h30: “Cabelos Negros, Alma de Veludo”
18h: “As Madeiras São Molhadas – Mulher Inferno”

Cine Olido
Sábado
20h: “Santa Sangre
22h: “Thriller, a Cruel Picture

Domingo
0h: “De Repente a Escuridão”
2h: “Emanuelle na América”
4h: “A Noite do Terror Cego”
6h: “Visitor Q”
8h: “Rock n’ Roll High School”
10h: “Fascinação”
12h: “Confissões de um Comissário de Polícia”
14h: “Terror nas Trevas”
16h: “Cartas de Amor de uma Freira Portuguesa”
18h: “Banho de Sangue”

Destaques do Palco Cabaret na Virada Cultural

Padrão

Palco CabaretApós o sucesso do palco com temática burlesca da última Virada Cultural, o produtor cultural Heitor Werneck foi novamente convidado para organizar e dirigir as atrações do Palco Cabaret, neste ano montado no Palco do Edifício Copan, localizado no coração de São Paulo.

O público poderá conferir, gratuitamente, apresentações de grandes nomes do meio artístico brasileiro, como Agnaldo Timóteo, Marisa Orth, Elke Maravilha, Rita Cadillac, Cida Moreira, Yara Marques – cantando Adoniran Barbosa e homenageando Palo Vanzolini, e ainda as drags Silvetty Montila e Dimmy Kieer (personagem do ex-BBB Dicesar).

Completando o line-up, pole dance acrobático da Escola Vertical Fit, dançarinas burlescas e exóticas, artistas circenses, cantores, grupos musicais, DJs, números de pole dance feminino e masculino, e apresentações teatrais vão garantir o encantamento e diversão do público nas 24h de evento.

Palco Copan – Cabaret
Onde? Av. Ipiranga, 200 – Centro – São Paulo/SP
Quando? 18/05 (sábado) às 18h a 19/05 (domingo) às 18h

Mônica Salmaso, André Mehmari, Alice Ruiz e Alzira Espíndola são destaques da Virada Cultural na Casa das Rosas

Padrão
Mônica Salmaso é um dos destaques da programação na Casa das Rosas

Mônica Salmaso é um dos destaques da programação na Casa das Rosas

A Casa das Rosas participa da 9ª edição da Virada Cultural com a Virada da Poesia – programação para todas as idades.

Oficialmente, a Virada Cultural começa às 18h do sábado, 18, mas a Casa das Rosas antecipou para as 15h com apresentação do Grupo Ôctôctô. O sábado todo e a madrugada de domingo serão dedicados aos eventos direcionados para o público adulto, entre eles o show “Paralelas”, com Alice Ruiz e Alzira Espíndola; o encontro da cantora Mônica Salmaso com o pianista André Mehmari; e “Tanto Faz”, homenagem ao poeta Paulo Leminski que o músico e ator Danilo Tomic fará. Haverá ainda o sarau “Saraokê”; a performance “Minimal”, com Carlos Pontes; e a peça “Navalha na Liga”, encenação de poemas de Alice Ruiz feita pela Cia. Da Palavra às 3h da madrugada.

No domingo, 19, a partir das 11h, o público infantil terá a “Oficina de bonecos de sombra”, com a Infinita Companhia; a contação de histórias realizada pela Cia Duo Encantado, “Entre contos, peripécias e brincadeiras – o boi bumbá”, às 14h30; e, encerrando o evento, às 16h, a apresentação musical “São João do carneirinho”, com a Cia Cabelo de Maria.

Confira a programação completa em: http://www.casadasrosas-sp.org.br

Virada Cultural na Casa das Rosas
Onde? Av. Paulista, 37
Quando, 18 e 19 de maio
Grátis

Virada Cultural no Sesc Santana

Padrão

virada-cultural-2013Durante a Virada Cultural, nos dias 18 e 19 de maio o Sesc Santana vai contar com uma programação especial composta por apresentações que caminham pela música, artes plásticas, literatura e espetáculos infantis. Confira abaixo e programe-se!

Música

Clube do Balanço | 18/05. Sábado, às 21h.
Show com a banda de samba-rock que mantém a tradição dos clubes de música negra de São Paulo surgidos na década de 1960. O grupo é formado por Marco Mattoli, (guitarra e voz), Edu Salmaso (baterista), Fred Prince (percussionista), Fumaça (percussionista), Tiquinho (trombonista), Marcelo Maita (tecladista), Gringo Pirrongeli (baixista), Reginaldo Gomes (trompete) e Tereza Gama (voz). Lugares limitados.
Local: Quintal.

Movimento Elefantes | 18/05. Sábado, das 18h às 3h.
Show contínuo de nove das dez big bands participantes do coletivo que promove a música instrumental. Com as bandas Orquestra HB, Projeto Coisa Fina, Banda Jazzco, Banda Savana, Big Band da Santa, Speakin Jazz Big Band, Orquestra Urbana Arruda Brasil, Grupo Comboio e Banda Urbana. Lugares limitados.
Local: Teatro.

Rinha de Mc’s | 18/05. Sábado, às 18h.
Batalha de improvisação de rimas comandada pelo DJ Dan Dan. As batalhas, ou ´rinhas´, são encontros tradicionais no hip hop em que dois MC’s duelam entre si com rimas improvisadas e faladas em cima de uma base (batida) tocada pelo DJ. As batalhas tiveram sua origem nos anos 1960 nas ruas dos subúrbios de Nova York. Lugares limitados.
Local: Quintal.

Moacyr Luz e Samba do Trabalhador | 19/05. Domingo, às 15h.
Lançamento do segundo CD da roda de samba comandada pelo cantor e compositor Moacyr Luz. Realizada toda segunda-feira no Clube Renascença, antigo reduto do movimento negro no Rio de Janeiro, surgiu como descontração e se tornou referência no país. O grupo é formado por Moacyr Luz, Gabriel Cavalcante, Alexandre Nunes, Daniel Neves, Álvaro Santos, Minga Silva, Luiz Augusto, Junior de Oliveira e Nison Visual. Lugares limitados.
Local: Quintal.

Movimento Sincopado | 19/05. Domingo, às 11h.
Show de seis grupos de choro que integram o movimento paulistano que busca fortalecer o trabalho de cada integrante ao proporcionar uma estrutura colaborativa de gestão cultural, produção, comunicação e pesquisa sobre a música instrumental brasileira. Com Bora Barão, André Parisi e Conjunto Língua Brasileira, Coisa da Antiga, Allan Abbadia e Conjunto, Central do Choro e Felipe Soares e Conjunto. Lugares limitados.
Local: Quintal.

Artes plásticas e visuais

O nome da cor | 18 e 19/05 Sábado, das 18h às 3h. Domingo, das 10h às 18h.
A percepção da cor é relativa. Esta exposição busca sensibilizar o público a partir da diversos elementos que traduzem esta lógica, como as cores aditivas e subtrativas, o espectro visível, as sombras coloridas, efeitos óticos, a cor na arte e na natureza e a imersão na cor. Lugares limitados.
Local: Convivências I, II e Jardim.

Invencionário, por Olavo Tenório | 18 e 19/05. Sábado, das 18h às 3h. Domingo, das 10h às 18h.
Olavo Tenório é um artista plástico paranaense, radicado em São Paulo. Seu trabalho perpassa diversas linguagens e materiais, da escultura à fotografia, explorando a questão do espaço, seja no plano ou no tridimensional. Uma constante em suas obras é a utilização de formas geométricas. Por meio de figuras básicas, como triângulos, quadrados e círculos, o artista criou módulos, inicialmente dispostos em forma de massas aglomeradas, como ingredientes de um prato a ser servido. A obra acontece e se renova todo dia a partir da interação com o público, que será instigado a criar diferentes narrativas e significados.
Local: Foyer do Teatro.

Metrópole, por Coletivo Parábola | 18 e 19/05. Sábado e domingo, 24h.
Brasil é o país da diversidade. São Paulo, em medida, é essa diversidade e mistura de culturas do país e do mundo. O mural propõe a celebração da diversidade através de referências artísticas que enfatizam a multiplicidade de quem vive na cidade. Utilizando-se de elementos religiosos e místicos, o Coletivo Parábola constrói uma miscelânea em homenagem à metrópole.
Local: Muro da Rua Viri.

Trabalhadores de Sonhos, por William Mophos e GAFI | 18 e 19/05. Sábado e domingo, 24h.
Intervenção nos muros da paróquia de Santana, vizinha à estação de metrô homônima.
A ação inaugural do projeto aconteceu como parte das comemorações do aniversário de 229 anos do bairro de Santana e continuará trazendo artistas periodicamente. Para comemorar os 459 anos da cidade de São Paulo, os artistas William Mophos e GAFI criaram um mural, usando graffiti e pintura, inspirados no bairro de Santana e nos trabalhadores que ajudaram a construí-lo.
Local: Muros da Paróquia de Santana, vizinha à estação de Metrô Santana.

Todos Menos Um, por BASE-V | 18 e 19/05. Sábado e domingo, 24h.
O pássaro mais bicudo observa ao longe. A paisagem se forma com o resto da fauna. Todos os pássaros parecem uma só forma, o espaço se amplia e marca o horizonte. A paisagem, idealizada pelo grupo BASE-V, se constrói pelos traços e massas de cores, que ganham significados entre limites e aberturas, estimulando a percepção do público para uma leitura gráfica do espaço. BASE-V é um grupo de artistas de São Paulo formado por Zansky, Danilo Oliveira e David Magila, que atua desde 2002. Trabalham a partir da experimentação livre e improvisação, produzindo diferentes linguagens e valorizando o coletivo acima da individualidade – criando assim novas abordagens e utilizando as referências pessoais na criação de uma identidade comum. O grupo busca influir no processo de disponibilização das artes visuais ao público, tornando-as mais acessíveis em todos os âmbitos através de ações que valorizam a produção artística trazida para a esfera pública.
Local: Vitrine Sesc Santana.

Literatura

O que te toca? | 18 e 19/05. Sábado, das 18h às 3h. Domingo, das 12h às 18h.
Intervenção do coletivo Dulcineia Catadora. Em um caderno preso à capa de papelão usada pelos performers, o ‘toque’ se torna uma realidade no momento da escrita que é absorvida pelos escritores participantes para recitar suas poesias, mescladas com os textos do público.
Com arrudA, Carlos Rosa, Maick NucleaR, Peri Pane, Tati Fraga e Tião Nicomedes.
Local: Diversos espaços da Unidade.

Infantil

Tic Tic Tati | 19/05. Domingo, às 14h e às 17h.
Em novo espetáculo musical dedicado ao público infantil, a cantora Fortuna apresenta o repertório do CD ‘Tic Tic Tati’, lançado em 2012 pelo Selo Sesc. Nesse trabalho, ela retoma parceria com o músico Hélio Ziskind – com quem realizou o projeto Na Casa da Ruth – e mergulha no universo literário de Tatiana Belinky. Com: Fortuna (voz). Cantores/bailarinos: Bruna Pazinato, Denise Yamaoka, Fernando Cursino, Igor Miranda, Paulo Benevides e Coro Cênico – Projeto 3ª. Idade. Músicos: Gabriel Levy (teclado e acordeom), Roberto Angerosa (bateria e percussão), Mário Aphonso III (sax e flauta), Jardel Caetano e Cesar Assolant (violão de nylon, violão de aço e cavaco). Arranjos e Direção Musical: Gabriel Levy. Direção Geral: Roberto Lage.
Distribuição de ingressos pela Rede IngressoSesc a partir do dia 18/05, às 17h.
Local: Teatro.

Virada Cultural
Onde? Sesc Santana – Av. Luiz Dumont Villares, 579
Quando? 18 e 18 de maio. Sábado, das 18h às 3h. Domingo, das 10h às 18h
Retirada de ingressos a partir das 17h do dia 18/05
Grátis