Arquivo da tag: Carnaval

A Banda do Trem Elétrico

Padrão

1979669_514999405271756_1816678278_nNesta sexta-feira dia 28 de fevereiro acontece o tradicional desfile da banda do Trem Elétrico, a concentração será na esquina da Rua Augusta com a Luís Coelho.

A participação dos foliões é gratuita com distribuição de camisetas da banda, acessórios divertidos, chopp e batidas.

O bloco vai descer a Rua Augusta até a Praça Ramos de Azevedo (Teatro Municipal) de lá parte um ônibus gratuito para levar os foliões resistentes até o Sindicato dos Metroviários de São Paulo no Tatuapé, onde será distribuído o tradicional “CALDO DOS SOBREVIVENTES”!

 
Bloco banda Trem Elétrico
Dia 28/02
A partir da 19hs
Concentração na Rua Augusta esquina com a Luis Coelho
Informações: (11) 9 8189-6751 – Roberta Campos

Vai passar o Carnaval em São Paulo? Veja a programação dos blocos e caia na folia!

Padrão

logo_carnaval_sp_580_1Quem estiver na capital paulista durante o Carnaval não terá desculpas para não cair na folia. Além dos desfiles das escolas de samba, diversos bailes, shows e blocos garantem a folia na cidade. Confira:

Bloco Afro Ilú Obá de Min
O bloco sempre sai às ruas espalhando o som do axé. Neste ano, o tema é “As Yabás e as Deusas do Axé”, com homenagem aos orixás femininos. O figurino dourado dos músicos da bateria faz referência a Oxum, deusa da riqueza e da beleza.

Viad. Major Quedinho, s/nº, região central, tel. 3222-5566. Sex.: 21h (concentração a partir das 19h30). Livre. Grátis.

Bloco Cordão do Triunfo – Cia. Pessoal do Faroeste
O bloco Cordão do Triunfo se uniu à companhia teatral Pessoal do Faroeste para comemorar o Carnaval de um jeito diferente. Atores, inclusive Mel Lisboa, encenam trechos da peça “Cine Camaleão, a Boca do Lixo” pelas ruas do centro da cidade.

Sede Luz do Faroeste – r. do Triunfo, 305, Santa Efigênia, região central, tel. 3362-8883. Dom.: 16h (concentração a partir das 14h). Livre. Grátis.

Bloco dos Esfarrapados
Inspirados em desfiles de escolas de samba, porém em clima mais informal e improvisado, os foliões ocupam o centro atrás do bloco que, fundado em 1947, clama pelo título de “mais antigo do Brasil”.

Concentração e dispersão: r. Cons. Carrão, 466, Bela Vista, região central, tel. 99976-3184. 5.000 pessoas. Seg.: 14h (concentração a partir das 12h). Até 11/2. Livre. Grátis.

Bloco Jegue Elétrico
O bloco surgiu no Carnaval de 2000 baseado em festas do Nordeste e, desde então, sai às ruas todos os anos. Os foliões seguem, no sábado (dia 9) e no domingo (10/2), um circuito em Pinheiros, com começo e fim na praça Benedito Calixto. Já na segunda (11/2), eles se aventuram pelas ruas do centro, tendo a praça Roosevelt como ponto de partida e chegada. É o primeiro bloco a lançar um CD autoral, chamado “Dê para Quem Tem Fome”, que conta com as participações de Otto e Andréia Dias.

R. Lisboa, c/ r. Teodoro Sampaio, Cerqueira César, região oeste, tel. 99126-5188. Sáb. e dom.: 19h30 (concentração a partir das 16h30). Livre. Grátis.

Bloco João Capota na Alves
O bloco surgiu em 2008 e recebeu este nome para homenagear as ruas João Moura, Capote Valente e Alves Guimarães, em Pinheiros, onde moravam os estudantes que o fundaram. O grupo se reúne no viaduto da Oscar Freire, próximo à estação Sumaré de metrô, para tocar uma bateria animada. Lá, vale de tudo -o único requisito é ir fantasiado.

Viad. Oscar Freire, s/no, região oeste, s/ tel. Sáb.: 14h (concentração a partir das 13h). Livre. É necessário ir fantasiado. Mais informações p/ facebook.com/blocodojoao. Grátis.

Bloco Vai Quem Quer
O grupo completa 33 anos de Carnavais na Vila Madalena. O bloco, obviamente tradicional no bairro, é conhecido por ser o único a desfilar por ali em todos os dias do feriado. Em 2013, o circuito começa na praça Benedito Calixto e passa pelo coração da Vila Madalena, em ruas como Mourato Coelho, Aspicuelta e Fradique Coutinho.

Pça. Benedito Calixto, s/nº, Pinheiros, região oeste, s/ tel. Seg., ter., sáb. e dom.: 20h. Até 12/2. Livre. Grátis.

Cordão Cecília
A quarta edição do cortejo promovido pela Associação Cultural Cecília ocupa as ruas da região central no sábado (dia 9). O Carnaval nas ruas de Santa Cecília acontece dentro da entidade e na rua, onde a Banda Periculina mescla brega e axé em repertório de tons momescos. http://www.cecilia.org.br

Associação Cultural Cecília – r. Vitorino Carmilo, 449, Barra Funda, tel. 3667-0262. Concentração, sáb.: 15h. Desfile, sáb.: 16h. Banda Periculina, sáb.: 18h. Até 9/2. Livre. Grátis.

Saci da Bixiga
Apesar de ter apenas três anos, o bloco já conseguiu reunir, no ano passado, cerca de 3.000 foliões no Bexiga. Neste ano, as marchinhas entoadas pelo bloco (grande parte das músicas é de autoria dos próprios foliões) seguem o tema “O Poder Popular Contra a Opressão Social”.
http://www.culturalatiamerica.blogspot.com.br

R. São Domingos, esq. c/ r. da Abolição, Bela Vista, região central, tel. 3104-7401. 3.000 pessoas. Sáb.: 20h (concentração a partir das 18h). Livre. Grátis.

No mês do carnaval, eventos colocam o público para sambar na FNAC

Padrão

carnavalNo mês do carnaval, a Fnac vai promover uma série de encontros para celebrar o samba e algumas de suas inúmeras variações. No Samba de Bamba, haverá bate-papo com Martinho da Vila e convidados, shows com a elogiada Juliana Amaral e os grupos Pagode da 27 e Os Opalas, oficinas de arte para crianças e até um CarnaKids, com trio elétrico infantil.

Todos os eventos serão realizados no Fórum e na Varanda da Fnac Pinheiros (Av Pedroso de Morais, 858, Pinheiros, São Paulo), com entrada franca.

Confira a programação:

02 de fevereiro, sábado, às 17h
Pagode da 27
O projeto Samba na Varanda traz o grupo Pagode da 27, que faz uma roda de samba de primeira e promete embalar o final da tarde de sábado pré-carnaval com canções de seu disco recém lançado Filhos da Favela e clássicos do samba de raiz.

03 de fevereiro, domingo, das 14h às 18h
CarnaKids
Trio Elétrico Infantil e oficinas
Os foliões mirins participam de uma oficina para personalizar lindas coroas de rei e de princesa e vão curtir uma tarde com direito a pipoca, algodão doce, confete e serpentina, tudo animado por um divertidíssimo trio elétrico infantil, ao som de marchinhas, sambas e cantigas de roda. As crianças que forem fantasiadas poderão participar de sorteios de brindes. Indicado para crianças a partir de 3 anos de idade.

16 de fevereiro, sábado, às 17h
Juliana Amaral – show
Para a “ressaca” de carnaval, o projeto Samba na Varanda traz Juliana Amaral para animar a tarde de sábado. Desde 2005, a cantora e compositora se apresenta às quintas feiras no Ó do Borogodó, tradicional casa de samba e choro de São Paulo. Na Fnac Pinheiros, Juliana traz para o público canções do seu projeto Samba Mínimo, além de consagradas canções.

23 de fevereiro, sábado, às 16h
Martinho da Vila – Bate papo com Elifas Andreatto e Filipe Cato, entre outras personalidades.
Dando início às comemorações dos 45 anos de carreira de Martinho da Vila, um muito descontraído bate-papo reúne personalidades em torno do grande sambista. Curiosidades de sua história, a evolução do samba nessas quatro décadas, entre outros assuntos, serão discutidos de improviso, também com a participação do público presente. Logo em seguida, Martinho da Vila fará uma sessão de autógrafos de seus CDs, DVDs e livros.

27 de fevereiro, quarta, às 19h30
Os Opalas – show
A banda Os Opalas apresenta seu novo álbum, Mistura Cultural. Como próprio nome sugere, as músicas trazem referências que vão muito além do samba-rock que é a veia principal do grupo. O ponto de partida das canções é um vasto repertório de vanguarda, que passa pelo samba, soul, rock, jazz, groove, reggae e afrobeat. A banda Os Opalas dá a dica: “É a nova música swingada brasileira no seu estado mais puro, prá dançar!”

Aniversário de São Paulo tem festa no Memorial da América Latina

Padrão

memorial-da-america-latina-2Haja fôlego! O aniversário de São Paulo terá dose dupla e gratuita de comemoração hoje, no Memorial da América Latina. Começando às 16h, um esquenta de Carnaval sob a batuta da Companhia Tribo de Dança, o Samba de Sampa reunirá 50 ritmistas, baianas, mulatas, destaques, mestre-sala e porta-bandeiras de tradicionais escolas da Capital.

O cortejo sai em frente ao Auditório Simón Bolivar, sobe a passarela e quando chegar na escultura Mão, de Niemeyer, as baianas, ao som da bateria, e à moda do que fazem nas escadarias das igrejas de Salvador, vão fazer – com água de reuso –  a lavagem da escultura, iniciativa inédita na história do Memorial. Terminada a lavagem, o grande bloco retorna à origem e inicia o samba de roda aberto a todos os participantes.

Já a partir das 19h, no Auditório Simón Bolívar, os Trovadores Urbanos, quarteto vocal que nasceu em 1990 e já faz história na música popular brasileira, vai cantar uma Serenata para São Paulo. No palco, ornamentado de pétalas vermelhas, Eduardo Santhana, Juca Novaes, Maida Novaes e Valéria Caram vão desfilar obras-primas de compositores e intérpretes que cantam a nossa cidade. Algumas: “Sinfonia Paulistana”, de Billy Blanco “Como vai você”, de Antônio Marcos/ Mário Marcos; “Outra vez” de Isolda, “Sonhos” de Peninha, e clássicos da raiz sertaneja como “Tristeza do Jeca”, de Angelino de Oliveira; entre outras.

Entre no ritmo do Carnaval!

Padrão

São Paulo já está entrando no ritmo do Carnaval, e para dar a largada, no próximo domingo, 12 de fevereiro, o bloco “Acadêmicos do Baixo Augusta” vai tomar as ruas da região que o batiza.

A concentração começa às 14h, na porta do Sonique Bar e o bloco sai às 16h. Este ano, além da presença de Marisa Orth, rainha vitalícia da bateria, o bloco ganha reforço de uma madrinha, a cantora Pitty. Simoninha continua no posto de puxador do bloco, que este ano terá como porta-estandarte o escritor Marcelo Rubens Paiva.

O Acadêmicos do Baixo Augusta possui perfil único entre os blocos da cidade. Estão lá os boêmios de uma das ruas mais famosas do país, mas também músicos, artistas e empresários que acreditam em um carnaval diferente ao som da banda Paralela.

Para agitar a festa pós-bloco, o Studio SP recebe a partir das 21h a Banda Paralela, com convites a R$ 30,00.