Sesc Pompeia apresenta exposição “Vkhutemas: O futuro em construção (1918 – 2018)”, recriando projetos da escola soviética de arte e design fechada pelo regime stalinista em 1930

Padrão

A partir de 26 de junho, primeira exibição nas Américas dos trabalhos desenvolvidos na instituição contará com cerca de 300 projetos de autoria de artistas, designers e arquitetos como Ródtchenko, Tátlin, Kandinsky e Maliévitch, que serão especialmente refeitos para a mostra.Com a maior parte dos registros destruídos, universidade influenciou a escola alemã Bauhaus e inspirou Lina Bo Bardi na concepção das Oficinas de Criatividade do Sesc Pompeia 

Sesc Pompeia apresenta, entre os dias 26 de junho e 30 de setembro de 2018, em suas Oficinas de Criatividade, a exposição“Vkhutemas: O futuro em construção (1918 – 2018)”. Com curadoria dos pesquisadores Celso Lima Neide Jallageas, a mostra reúne pela primeira vez nas Américas cerca de 300 projetos desenvolvidos na escola soviética de artes Vkhutemas (lê-se “vrrutemas”), que foram especialmente recriados para essa exibição. Entre os autores, estão 75 artistas, designers e arquitetos como Ródtchenko, Tátlin, Kandinsky, Maliévitch, El Lissítzki, Zaliésskaia Komaróva.

 A exposição se afasta de uma proposta museológica, ou seja, da apresentação de obras originais. Nossa intenção era realizar um resgate histórico da Vkhutemas com a reconstrução material dos acervos produzidos em suas faculdades de ofícios e promover uma discussão ampla sobre as pedagogias e os processos da escola, que revolucionaram as artes e o design modernos e até hoje reverberam nas mesas de criação por todo o mundo”, afirma Celso Lima, pesquisador da história do design e curador da mostra.

 REVOLUÇÃO NA MANEIRA DE PENSAR O FAZER ARTÍSTICO

 Seguindo os ideais de liberdade propostos pela revolução de outubro de 1917, a Vkhutemas foi criada como um centro de experimentações, defendendo o uso da arte como instrumento educativo e de transformação social. Em seu arrojado modelo de escola de artes e ofícios – que se distanciava dos processos distintos das chamadas “belas-artes” –, a aprendizagem estava diretamente vinculada à invenção de um mundo novo, de uma sociedade diferente. Suas novas práticas pedagógicas se equilibravam entre atitude estética e postura política e visavam democratizar o ensino, combater o analfabetismo e promover a emancipação feminina.

 Ainda que breve, a mudança artístico-pedagógica provocada pela Vkhutemas influenciou a criação e a existência de muitos outros caminhos para o ensino de arte e design. A escola alemã Bauhaus teve em seu corpo docente muitos mestres que saíram da instituição soviética e um programa de ensino originário dos russos, que também inspirou a concepção do Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MoMA) e as Oficinas de Criatividade do Sesc Pompeia, projeto arquitetônico e conceitual concebido por Lina Bo Bardi.

 “As vastas e inéditas experiências realizadas dentro da escola, desde a criação de novas pedagogias até um pensar original para o desenho de objeto e consumo, ecoam por todo o mundo”, diz Celso Lima.

    

Exposição “Vkhutemas: O futuro em construção (1918 – 2018)”

Sesc Pompeia: Rua Clélia, 93 – Oficinas de Criatividade

Abertura: 26 de junho, às 20h | Visitação: 27 de junho a 30 de setembro de 2018

Horários: Terça a sexta, 10h às 21h30. Sábado, domingo e feriado, 10h às 18h

Visitas com arte-educadores para grupos: escreva para o e-mail agendamento@pompeia.sescsp.org.br ou ligue para (11) 3871 7759

Entrada gratuita

Anúncios

SÃO PAULO SERÁ SEDE DO BRASIL LATIN OPEN 2018

Padrão

   De 14 á 17 de junho , São Paulo será sede da 5º edição do Brasil Latin Open. O concurso que acontecerá pela terceira vez na capital da garoa, tem por objetivo promover as danças de salão como expressão artística, através de danças latinas como a Salsa e a Bachata, contribuindo desta forma  para  difusão e desenvolvimento nacional desta arte.

Serão 4 noites dedicadas a uma competição de dança nos moldes dos concursos mundiais, organizado pelo casal brasileiro octacampeão mundial de Salsa Carine Morais e Rafael Barros. No evento, os principais dançarinos profissionais do país disputarão as primeiras colocações do Brasil Latin Open 2018. E nesse ano o evento ainda contará com uma Mostra de Dança.

Um corpo de jurados formado por renomados dançarinos do cenário nacional e internacional, entre eles a referência da Bachata no mundo Jorjet Alcocer,  escolherão os melhores das seguintes categorias: Salsa, Bachata, Zouk , Solista de Salsa Feminino, Solista de Salsa Masculino e ProAm (onde a dupla competidora é formada por um profissional e um amador, podendo dançar qualquer um dos ritmos citados acima). A novidade para 2018 é categoria Samba de Gafieira que devido a estréia da modalidade na competição contará apenas com dançarinos convidados. Outra novidade neste ano  é que as categorias Salsa e Bachata passam a ter a categoria nacional e Sul-Americana.

O evento também contará com apresentações dos dançarinos internacionais convidados Karen Forcano e Ricardo Vega ( 9 vezes campeões mundiais na categoria cabaret) , Larissa e Kadu ( Referências mundiais no Zouk e Samba de Gafieira) e Carine Morais e Rafael Barros (8 vezes campeões mundiais).

Nos dias 16 e 17, os dançarinos de São Paulo e do Brasil inscritos no congresso terão a oportunidade de fazer oficinas com estes profissionais para desenvolver técnicas e coreografias.

Os ingressos para quem quiser assistir e participar deste grande evento já estão á venda na Carine e Rafael Dance School (Av. Domingo de Morais, 1867 – Vila Mariana – SP) ou pelo site : http://www.brasillationopen.com

Serviço:

“5 º BRASIL LATIN OPEN”

Data: 14 á 17 junho

Horários: 14/06 (quinta – feira) – ás 21h

15/06 (sexta-feira) – ás 20h

16/06 (sábado) – ás 20h

17/06 (domingo) – ás 19h30

Local: Golden House (Av. Condessa Elisabeth Robiano, 2100 – Penha)

Capacidade de público: 2000 pessoas

Ingresso Antecipado até o dia 13/06 :R$ 40,00 (cada dia do evento )

R$ 150,00 (fullpass – os 4 bailes)

No dia do evento: R$ 45,00 (cada dia)

R$ 165,00 (fullpass – os 4 bailes)

 

Venda de ingresso: Carine e Rafael Dance School (Av. Domingo de Morais, 1867 – Vila Mariana – SP).

Informações: (11) 5081-2101 ou http://www.brasillatinopen.com

Censura: Livre

 

 

Casa Natura Musical recebe Arraial do Tarado Ni Você agita na Casa Natura Musical, sexta, 15 de junho Grande sucesso do pré-Carnaval e dia 16 Gaby Amarantos recebe Johnny Hooker, Jaloo, Kell Smith, Aretuza Lovi e MC Preta Rara

Padrão

Na sexta, 15 de junho, às 22h, na Casa Natura Musical, o bloco Tarado Ni Você faz grande festa junina, apresentando o Arraial do Tarado Ni Você, que deve reunir uma verdadeira legião de amantes do bloco em uma noite muito especial, com direito até mesmo à mais divertida quadrilha junina da cidade e comidinhas. Composta por 11 integrantes, a banda do bloco revisita ícones da obra de Caetano, como Pipoca ModernaNa Asa do VentoCajuína e São João Xangô, com versões especialíssimas em forró, xote e baião, além da tradicional pegada em samba-reggae e afoxé.

Arraial do Tarado Ni Você
Quando: sexta-feira, 15 de junho, às 22h
Abertura da Casa: 20h30
Ingressos:
Meia-entrada para todos os setores
Pista: R$ 40 (lote1) e R$ 60 (lote 2)
Bistrô superior: R$ 120
Camarote: R$ 120
Lotação para este show: 710 lugares
Classificação etária: 18 anos
No sábado, 16 de junho, às 22h, na Casa Natura Musical, a cantora Gaby Amarantos apresenta o show Sou + Eu, nome também da música que acaba de ser lançada. A diva divide o palco com as convidadas especiais Jaloo (com quem Gaby faz Esse Rio é Minha Rua e Chuva), Aretuza Lovi (Joga Bunda), Kell Smith (Era Uma Vez), a MC Preta Rara (no bloco de funks feministas) e Johnny Hooker (com quem fará algumas músicas supresas), acompanhados pela DJ Miria Alves, Gisahs Silva (percussão), Anna Tréa (guitarra) e dançarinos.
Gaby Amarantos convida Johnny Hooker, Jaloo, Kell Smith, Aretuza Lovi e MC Preta Rara
Show: Sou + Eu
Quando: sábado, 16 de junho, às 22h
Abertura da Casa: 20h30
Ingressos:
Meia-entrada para todos os setores
Pista: R$ 80 (lote 1) e R$ 100 (lote 2)
Bistrô superior: R$ 160
Camarote: R$ 200
Lotação para este show: 710 lugares
Classificação etária: 12 anos (menor de 12 acompanhado pelos pais ou responsáveis)

Cesar Camargo Mariano convida Madison McFerrin para show no dia 29 de maio no Bourbon Street

Padrão

original_CeCaMariano_lworiginal_Ma_Mcferrin_lw

Radicado nos Estados Unidos, retorna ao Brasil para se apresentar no Festival de Jazz de Paraty e Bourbon Street com o “CCM Quarteto” que teve sua estréia em Milão e conta com a participação dos excelentes músicos Thiago Rabelo (bateria), Sidiel Vieira (baixo) e Conrado Goys (violão).

Para esta apresentações, Cesar recebe como sua convidada especial a jovem cantora americana Madison McFerrin.

Madison traz em sua voz uma refrescante visão jazistica, unindo a “old soul” à moderna música popular americana. Formou-se no Berklee College of Music e, além de desenvolver sua própria carreira solo, atua como destaque na Spirityouall, banda liderada por seu pai, o consagrado vocalista de jazz, Bobby McFerrin.

Com esta formação, apresentam um repertório de musicas brasileiras e americanas cheio de energia e swing.

Serviço

Local: Bourbon Street | Rua Dos Chanés, 127 – Moema – SP

Bilheteria Bourbon Street: Rua dos Chanés 194 – de 2ªf.a 6ª.f das 9h às 20h, sábado e feriado das 14h às 20h

Fone para reserva: (11) 5095-6100 (Seg. a sexta) das 10h às 18h

Data : 29/05/2018- terça-feira

Horário: 21h30

Abertura da casa: 20h

Duração: 80 min. aproximadamente

Couvert Artistico: R$150,00 (premium) R$120,00 (standard)

Venda também pela Ingresso Rápido – 11 4003 1212 – www.ingressorapido.com.brR

Ensaio aberto da peça “O Legítimo Pai da Bomba atômica”, dia 30/05, no Teatro Leopoldo Fróes

Padrão

Com elenco formado somente por atores nipo-brasileiros peça inédita “O Legítimo Pai da Bomba Atômica” faz ensaio aberto ao público com entrada franca no próximo dia 30

Com texto de Murilo César Dias e direção de Gabriela Rabelo, a peça “O Legítimo Pai da Bomba Atômica”, que estreia no em junho, faz ensaio aberto com entrada franca na quarta, dia 30 de maio, no Teatro Leopoldo Fróes.

A peça baseada em fatos reais, narra a história do físico húngaro Leó Szilárd e sua ligação com a construção da primeira bomba atômica. A montagem traz ao palco personagens históricos importantes como Albert Einstein, Gertrude Weiss, o general Groves, o presidente Harry Truman e o secretário de guerra Stimson, todos vividos por atores nipo-brasileiros do Coletivo Oriente-se.  O caminho percorrido entre a descoberta científica e sua utilização é acompanhado do drama interno de Leó Szilárd ao ver sua descoberta ser transformada na mais mortal de todas as armas de destruição em massa.”

A ideia de ter somente atores nipo-brasileiros no elenco é promover um importante debate sobre questões étnicas e de representatividade na cena nacional (TV, Cinema e teatro). A peça também aborta questões políticas, históricas e técnicas que envolvem a criação da bomba atômica e o uso da energia nuclear na atualidade.

O ensaio aberto acontece na quarta, dia 30/05, às 20h no Teatro Leopoldo Fróes, que fica na Av. João Dias, 822, Santo Amaro. A entrada é franca e o teatro tem capacidade para 111 pessoas.

A estreia da peça acontece dia 09/06 no próprio Teatro Leopoldo Fróes e depois segue para temporadas no CEU Butantã e no Teatro João Caetano, todos em São Paulo.

 O espetáculo é uma realização do 6° Prêmio Zé Renato da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo e da NAGAI Produções Artísticas e Culturais em parceria com o Coletivo Oriente-se.

 SERVIÇO

Peça: “O Legítimo Pai da Bomba Atômica”
Texto: Murilo Dias César

ENSAIO ABERTO
Quando: Dia 30/05 – Quarta-feira – 20h00

Onde: Teatro Leopoldo Fróes – Av. João Dias, 822, Santo Amaro

Telefone: (11) 5541-7087

Capacidade: 111 lugares

Estacionamento: Não

Wi-fi: Sim

Acessibilidade: Sim

Ar Condicionado: Sim
ENTRADA FRANCA

Residência de tecnologia abre inscrições para sua quarta edição

Padrão

Programa busca cinco protótipos que proponham soluções para problemas sociais como inclusão social, segurança pública, mudanças climáticas, educação e muito mais

É a última semana das inscrições para a residência de tecnologia/hacker do Red Bull Basement – projeto que busca desenvolver protótipos que façam uso da tecnologia para transformar a sociedade. Podem ser inscritos projetos de todo o Brasil. Os selecionados virão a SP para participarem da residência e desenvolverem seus projetos.

Após quatro anos, o Red Bull Basement, que nasceu no Brasil, tornou-se um projeto global e terá atividades em mais de 22 países com residências na Espanha, África do Sul e Estados Unidos. Outra novidade para este ano será o Red Bull Basement University, que buscará soluções para universidades.

Uma novidade para esta edição será o chamado aberto: após a seleção dos projetos, será aberta uma seleção para que outros colaboradores inscreva-se e colaborem para o desenvolvimento dos protótipos selecionados.

A residência acontecerá de julho a setembro no Red Bull Station. Os residentes terão à sua disposição um makerspace com equipamentos para prototipagem dos projetos, que deverão ser apresentados ao final da residência, além de uma agenda paralela com palestras e workshops sobre diversos temas e um Festival de Tecnologia, que acontecerá em setembro.

Serviço
4ª edição do Red Bull Basement

.

Jack Daniel’s Rock Bar estreia com mais de cinco mil pessoas no ExC, no Jardim Botânico

Padrão

Realizado pelo empresário carioca André Barros, o evento que funcionará de quinta a sábado, ganha versão pop up e passa a ser aberto ao público

337941_792924_img_6911_web_

No estilo pop up, o badalado Jack Daniels Rock Bar lança sua nova temporada de programação no ExC, espaço multicultural localizado no Jardim Botânico – Rio de Janeiro.
repetindo o sucesso nas edições anteriores, o evento dedicado à musica ao vivo e rock n’ roll tem capacidade de receber até cinco vezes mais do que o local anterior – e funcionará de quinta a sábado, das 20h às 5h, de 17 de maio a 11 de agosto.

Para abrir oficialmente o final de semana, o Jack Daniel’s Rock Bar recebeu as bandas Lica Tito, tributo à Amy Whinehouse, banda Purano com tributo ao Pearl Jam, Black Monkees  tributo aos Beatles e ao Charlile Brown Jr com Mary Jane com participação especial de Marcão Britto. Além disso, os DJs Zeh Pretim, Mary Lou, Bruna Lennon, Careca e Behring também agitaram as noites.

Para beber e comer: 

O Jack Daniel’s Rock Bar apresenta uma nova carta de drinques autorais nessa nova edição. Assinados pelo mixologista Diogo Stanley, os destaques ficam para os coquetéis a base do famoso whisky americano. Entre os quais, estão o Jack Daniels Tennessee Ice (R$35), elaborado com Jack Daniels, rum, vodka licor de laranja, suco de limão Coca-Cola e açúcar e o Black BL (R$35), feito com Jack Daniels, Martini Bianco, calda de cereja e limão. São mais de 30 opções que levam especiarias e combinações inusitadas, assim como coquetéis à base de cachaça artesanal, gim, entre outras bebidas.

A surpresa da nova edição do Jack Daniel’s Rock Bar é o calendário surpresa com datas extras de funcionamento durante os três meses.

Serviço Jack Daniel’s Rock Bar 
Local: ExC – Dentro do Jockey Club – Rua Jardim Botânico,  1.011
Data: Às quintas, sextas e sábados de 17 de maio a 11 de agosto.
(Exceto no final de semana do dia (25 e 26, que não funcionará, apenas na quinta, dia 24/5).

Entrada gratuita

Horário: das 20h às 5h